Emagrecer é fácil.

Emagrecer é fácil.

Mentira.
Emagrecer é tudo, menos fácil.
Even more difficult, quando se tem mais de 35 anos e 4 filhos.

Emagrecer Até poderia ser easy, se eu não tivesse vida social.

Se eu não tivesse filhos e pudesse só comprar salada e viver dos ventos irlandeses. (e se não tivesse vida social)

Ou se eu tivesse 15 anos e fechasse a boca por uma semana. (e não tivesse vida social).

Ou se eu quisesse muito me parecer com a atriz que emagreceu 20 kilos em 2 meses.(e não tivesse vida social)

O fato é que nenhuma das hipóteses acima, faz parte da minha realidade, eu tenho vida social e -agora- coloque uma coisa na sua cabeça de uma vez por todas: Emagrecer é difícil.
Muito difícil.
E só não é impossível porque existe uma coisa chamada”paciência”.

Amy fez 1 ano.
Quando engravidei dela a Mia só tinha 4 meses, ou seja, como não sou Giselda, ainda não tinha perdido todo meu baby weight da gravidez passada, acumulei, passei quase 2 anos seguidos grávida(sem contar com as 2 anteriores) e não é fáceo Brasel.

Para dar um gás inicial a minha perda de peso (15kg) pos gravidez, comecei com a Dukan.
Adoro a Dukan, super indico pra dar um up, sabe?
Mas não rola encarar farelo e ovo por mais de 4 semanas.
Mas não posso cuspir no prato que comi (ou nesse caso, que não comi, né?) e a Dukan dá resultado sim, só não é meu life style.

Desde janeiro foquei mais nos exercícios físicos do que na dieta em si.
O que nunca foi sacrificio pra mim, porque sempre gostei.

Hoje em dia, dizem que o resultado da perda de peso é 70% dieta + 30% atividade física, bem, eu não sou personal, nem nutricionista e nem nada, mas sei fazer conta.
Se eu consumo 2000 kcal e queimo 3500 kcal, como não emagrecer?
Sempre fui magra fazendo assim….
Claro que eu manero.
Não como sobremesa em casa, mas não a nego em um restaurante ou na casa de amigos.

Ou seja, meus resultados depois de 4 gestacoes(fora abortos espontaneos)estão sendo gradativos.
Não dormi boluda e acordei no meu peso ideal, (pós parto não e moleza mesmo para quem nunca teve maiores problemas com a balança) mas tô chegando lá, com glúten, lactose, pouca farinha branca, proteína, sobremesa, sem nenhum suplemento que me dê flatulências e acima de tudo, vivendo.

Sei que os últimos 5 kilos são os mais difíceis, não desisti mas não estou desesperada.
Já consigo vestir todas as roupas tamanho 38 (cheguei ao tamanho 42)de quando cheguei na Irlanda, mas ainda posso ficar melhor! 😀

Me dei até dezembro pra perder tudo de banha que ganhei nesses 7 anos por aqui e vou conseguir, mas sem neuras.

Porque vamos combinar, mais chato do que sair com alguém que não pode comer nada porque vive de dieta, só quem diz que não fez nada pra emagrecer, né?

Primeira foto, eu grávida de 9 meses do baby número 4. Segunda foto eu, ontem, 1 ano depois.

P.s.: Eu nunca tive problema com a balança. Sempre fui magra e sempre me exercitei. Adoro academia. O que me engordou mesmo foram as 3 gestações em 5 anos. Sendo assim, atividade física no meu caso é meu remédio, mas sinceramente não posso afirmar que pra todo mundo funcione assim.

Facebook Comments

8 Comments

  1. Esta como sempre foi, linda. Mas emagrecer e difícil e ver os resultados é delicioso. Estamos na luta, kkkkk

  2. hahahahaha… amiga como vc me diverte! Nada fácil mesmo! Estou aqui correndo atrás para perder os quilinhos adquiridos pós férias.
    Independente do peso, vc fica linda do mesmo jeito. beijão

  3. Isso ai mesmo! Nao podemos ficar neuroticas, pois o psicologico tb conta muito.
    Acho que vc vai alcançar tranquilamente o teu objetivo, porque a mentlidade està certa! Comer saudavel, se permitir as vezes e fazer exercicios fisicos!
    Jà estàs super bem assim, mas se vc acha que ainda pode melhorar… entao força na peruca!!!!
    Bjs e sucesso no seu objetivo

  4. Ah, garota, linda dos dois jeitos! Mas se estar mais magra te faz feliz, go ahead!!!
    Mas lembre-se: LINDA!!

  5. Meu, te admiro muito! Até consigo comer frutas e legumes e saladas, mas não consigo abandonar os doces! 🙁 (pelo menos pedalo meus 20km por dia e tá tudo certo!)

  6. Só emagreci os 12 kg que sobraram da gravidez, quando parei de fazer dietas da moda.Segui fielmente os Vigilantes do Peso e me joguei na academia.Hoje, 10 anos depois, ainda conservo o mesmo peso (e às vezes até menos). Não tive que abrir mão da vida social, nem do gluten, nem da lactose,nem do sagrado pedacinho de chocolate depois do almoço e me livrei das "bolinhas"que eu tomava que me deixavam paranóica. Juro que não foi sofrido.

  7. Mas fala sério, tu é bonita até com carinha de bolacha.

  8. Eu senti muito a chegada dos 30 e ou faço dieta ou só a malhação não resolve. Triste fim!! rsrsrsrsrs

Deixe uma resposta