Crônica, Divorce, Relacionamento, Relacionamento com Estrangeiro

Namorar depois dos 40 anos

Karine Keogh - namorar depois dos 40 anosNamorar depois dos 40 anos é uma coisa engraçada, complexa e interessante.

Interessante porque existem tipos bem definidos  de pessoas solteiras de +40 anos.

Temos os de +40 anos que nunca foram casados/as e que querem casar, pra ontem.

Temos os de +40 anos que nunca foram casados e não querem mais casar.

Temos os de +40 anos que já  foram casados/as e que querem casar de novo.

Temos os de +40 anos que já  foram casados/as e que por isso querem ‘curtir’ com vários parceiros/as.

Eu tenho +40 e não me encaixo em nenhum dos grupos acima, eu já fui casada, mas não quero casar de novo, só quero namorar ad infinitum.

Eu não me interesso por ninguém mais novo, nunca me interessei, nunca vou me interessar, até porque as chances de termos planos de vida diferentes são gigantes, então minha faixa etária seria entre 45-55 , o que complica.

Porque não quero nem 8 nem 80.

Não quero casar de novo mas não quero ‘curtir’ saindo com um monte de gente, quero só  e exclusivamente namorar.

Aqui na Irlanda não existe a cultura de homem mais velho com meninas mais novas, pode existir um caso ou outro, mas não é comum, normalmente casais tem a mesma faixa etária, pelo menos isso está ao meu favor.

Aplicativos de relacionamento confirmam a minha teoria e ou os homens +40/50 aqui querem relacionamento sério e as vezes até  filhos (mesmo tendo mais de 50 anos), ou, só sexo sem compromisso – o que eu até  acho engraçado, porque se eu quisesse só sexo sem compromisso eu procuraria um parceiro de 30 e não de 50/60.

Eu não sou contra casamento, entendo que vários fatores contribuem para que um casal decida se casar/morar junto, entre eles o fator financeiro e o desejo de formar uma família, ou seja, no meu caso não vejo vantagem em abrir mão de um namoro eterno pra querer estragar tudo unindo as escovas de dentes – A gente pode amar sem casar. Aliás ama-se melhor até.

Ka.entre.nos, tem coisa melhor do que namorar?

Se você está apaixonada, em lua-de-mel, noiva, planejando o futuro com o boy/Girl, é romântica, acredita em amor eterno e nunca casou, provavelmente você vai discordar de mim, e tudo bem.

Eu já tive dois maridos, 4 filhos e hoje eu só  quero o lado bom do relacionamento, pode me chamar de sonhadora, ou no outro extremo, de fria e calculista, mas eu acredito que a rotina, o dia-a-dia, e as contas, separam muito mais do que adicionam em um relacionamento e eu acho que muita gente pensa como eu mas tem medo de assumir e de deixar claro desde o início, o que óbvio, é importante, não podemos iludir ninguém.

Isso não quer dizer que eu não vá me envolver profundamente com meu parceiro, só quer dizer que namorar comigo não inclui planejar casamento nem a curto nem a longo prazo.

Quando eu digo isso muita gente diz que eu vou mudar de idéia – do mesmo jeito que duvidam das mulheres que dizem em voz alta que não querem filhos.

Na verdade, não há  nada de errado com mulheres/homens de +40/50 anos que mesmo já tendo passado por casamentos ainda sonham em encontrar alguem para casar de novo, o que eu não aguento mesmo é  quando alguem me diz ‘Um dia voce vai encontrar alguem pra refazer sua vida’ , porque pelo que sei, a minha vida não acabou depois do meu casamento, o que significa que eu não tenho nada pra refazer, minha vida está  inteirinha, bonitinha e em ordem.

E tudo que eu, uma mulher de +40 anos, independente e bem resolvida quer, alem do que começa com S e termina com X, é  ter alguém com uma vida inteirinha e organizada e que a gente não precise refazer nada – só  namorar mesmo – pra ser feliz.

Tem gente que procura a tampa da panela.

Eu só quero um potinho de sal, pra fazer par comigo, que sou pimenta.

Facebook Comments

Deixe uma resposta