A Primeira Vez A gente Nunca Esquece.

A Primeira Vez A gente Nunca Esquece.

A primeira vez que o rosinha foi ao Brasil coincidiu com a festa de 2 anos da Maria, minha sobrinha, e embora eu tenha feito todos aqueles passeios tradicionais (Cristo, Porcão, Praia, Errr…Motel etc) a primeira coisa que ele conta quando está em uma roda de amigos e surge o assunto Rio de Janeiro é sobre a tal festa do circo, com cerveja e whiskey liberado, fotografos, garçons uniformizados, comida a vontade, docinhos, brigadeiros, mágico, coelho e tudo mais a que nós, brasileiros estamos acostumados.

Na Irlanda festa infantil praticamente não existe, não nos nossos moldes.
Aqui é uma reunião familiar quando a criança é pequena e nada de chamar vizinho, a comida nem de longe parece com a nossa, se tiver cachorro quente espere pão e salsicha, talvez uma pipoca sem muito sal e uns pacotes de snacks.
já quando eles estão em idade escolar a coisa melhora um pouquinho, o Breno por exemplo vai a muitas durante o ano, mas o convidado é ele, não se estende a família,
no convite está definido a hora de levar e buscar e dificilmente é feita em casa, o mais comum é em centros de playgrounds, como o leisureplex, ou em clubes para uma partida de futebol e no final uma besteirinha pra comer.(do tipo 4 nuggets, 2 sausages e um copo de refrigerante).
Esse ano Breno levou 8 amigos ao cinema e depois – que me perdoem os naturebas de plantão- Mc Donald’s neles.

Eu pra ser sincera não acho ruim, o trabalho é bem menor para os pais, assim como a grana gasta, acho que são esses pequenos detalhes que fazem com que o poder econômico da família européia seja maior do que as de nós brasileiros, que ao invés de planejarmos nossas férias em família gastamos nosso rico dinheirinho, que as vezes nem temos, fazendo festas caras, regadas a cerveja e a adultos sem noção.

É verdade que leva um período para se adaptar, eu por exemplo ainda não abriria mão da festa de 1 ano, mas a de dois anos em diante acho tranquilo pegar leve.

Foto de festa de criança? morando em um país frio prefiro optar por economizar para as férias, afinal, foto de sol, calor, luxo, riqueza e poder a beira-mar combina muito mais com meu estilo chique e bronzeado de ser, néam?

Ahhh, um P.s, para comentar sobre meu niver ….então que ganhei muitos presentes das dublinetes queridas, Eamon mórreu de inveja, ganhei de livro a kit de cheiro bom, mas se tem um presente que todo mundo tem que concordar que merece destaque foi o da @nivsnivs, coisa mais fácil do mundo é agradar mulher grávida (e esfomeada), né não?
Será que se eu ligar dizendo que meu aniversário mudou de data ela faz ôto?
Jesus me proteja dessas amigas que sabem fazer delícias cremosas das quais eu não resisto!
.

.

Facebook Comments

19 Comments

  1. seu niver foi quando eu tava em israel né? (eu sou péssima pra datas, nem do niver do léo eu lembro)! desculpa nao ter mandado parabens. (serve como desculpa eu estar em um lugar que a net funcionava mal e eu ter colocado o seu nome no muro das lamentaçoes como presente???:d) De qq maneira, FELIZ ANIVERSAAAAAAARIO, atrasado. poin poin poin poin

    sobre as festinhas! juro, acho que aniversario de criança no Brasil devia ser tombado como patrimonio historico! em canto algum da europa o povo tem idéia do auê que fazemos por la!!! as melhores lembranças da minha vida são dos meus aniversarios!!! talvez por isso, esse povo cresça tão sem sal e chatinho, no se vivertem direito quando criança!!

    como eu ainda não sou me e nunca tive que pagar pelas festas, nao tinha pensado no lado economico da coisa, entao, adoroooooo festinha de criança!!!

    ai que saudade dos brigadeiros, bolos e salgadinhos que deu agora…hum

    bjo!

  2. PE-CA-DO esse bolo.
    Se rolar um outro bolo, me chama! hahahah

    Beeijos

  3. E eu jamais senti o cheio sequer desse bolo… tsc, tsc. Faz niver de novo, por gentileza?!

  4. Por isso me acho tao européia…acho muito o q se gasta em festas…mas…qd tds as criancas tem, fica difícil explicar aos seus o pq de eles nao terem…

  5. Oie, acho que eles não estão muito errados. Aqui no Brasil somos muito exagerados. Por exemplo, festa de aniversário de 1 ano é importante sim, porém acho que só para a família e amigos beeem próximos… Aqui em Santa Catarina, os pais gastam HORRORES com festa de 15 anos e baile de debutante para as moças. Não concordo, porque o dinheiro seria muito melhor aproveitado em uma bela viagem para as tais moças. Ao invés de algumas horinhas.

    Beijão.

  6. Menina,eu sou então parecida com os europeus,rsrsrs,acho um desperdício gastar os tubos com festa infantil,prefiro um bolinho, uns docinhos e só. Até mesmo porque só minha família já é uma festa,kkkkkk.
    Só de crianças são 8, mais 4 irmãos e seus respectivos pares,já pensou?!

  7. Ai coisa boa este bolo de brigadeiro!!!

    Adorei a visita 'lá em casa' e grata pelo comentário. O nome da tua filha é lindo e estava na minha lista de nomes, mas escolhemos Gaia pelo significado. A tua familia também é bellissima! Bjs e que a tua doce espera seja super tranquila assim como o parto!
    Joice

  8. Nunca tinha pensado nas festas por esse lado:o econômico. Sempre penso na diversão e só… rs
    Acho que é pq não tenho filhos e agora as festas com os amigos, na maioria das vezes, cada um leva "o seu" e a festa tá formada!!! rs

    Mas tb acho um desperdício fazer festão só prá impressionar e encher a pança de gente grande.

    #prontofalei

    Bjos e adoro seu blog!

  9. ainda bem que eu nao gosto de bolo, muito menos de chocolate, com granulado em cima, recheado… mentira!!! que invejinha de quem comeu ele heim, parabes nivs, a cara estava otema!
    e ai? quando vai rolar um cha da tarde? cada uma leva um bolo e a gente morre de comer??

  10. Adoro bolo de chocolate e festa de criança. E este teu ta com uma cara maravilhosa!

    Beijo

  11. Oie ,Olha eu aqui de novo.Ka adorei o post,e olha so, aqui no Japao, nao e muito diferente nao .antigamente eles nao faziam festa de aniverssario .Começaram a fazer a pouco tempo por causa da influencia americana{eles tentam imitar os americanos em tudo}mas quando fazem e so pra familia ,quando a criança e pequena ate uns 8 anos .Depois dessa idade geralmente eles comemoram com os amigos em restaurantes,karaoke, Mac Donald etc.Ha e o que eles servem nas festas?tem o bolo e muita comida ,sushi, sashimi,onigiri cha verde,cha preto,e outras cositas mas .MAS olha eu concordo com os europeus, acho um desperdicio ficar gastando ,fazendo uma mega festa de aniverssario.Experiencia propria. Quando a minha filha Haysa fez tres anos , resolvi fazer uma mega festa ,mas me arrependi ate o ultimo fio de cabelo gastei como uma louca ,passei tanto stress e so tive aborrrecimentos.Uma vizinha brasileira ate virou a cara ,alegando que eu tinha feito disfeita por te-la convidado na ultima hora ve se pode??? Mas isso depois de passar a noite toda enchendo a panca na festa com a familia!!pior que falou pro meu marido no dia seguinte!!!! fora outros aborrecimentos .Agora se eu for fazer vai ser so pra familia mesmo ou chamar os amiguinhos mais chegados. Super beijo

  12. Oi Karine, amei seu blog, e me diverti com suas histórias hoje, espero que meu boss não tenha percebido…rs Engraçado como pensamos parecido sobre várias coisas…rs (coisas da internet…) abraços, Raquel
    http://www.bomsensoemformadegente.blogspot.com

  13. Flor,
    Adorei a menção honrosa por aqui! Já falei que de onde saiu esse sempre tem mais?
    Pra não dizerem por aí que eu quero te ver gorda, eu dei o bolo, mas dei o kit barriga sem estria também, né? haha
    Quantos aos aniversários, eu acho que bem se faz por aqui mesmo. Acho um absurdo gastar tanto assim especialmente quando a criança é pequena e pouco ou nada aproveita.
    Um beijo de umbigo,
    N.

  14. Nos EUA tb as festas de criança são super dull.Geralmente os pais as levam para o Check and Cheese que é um parque temático cheio de tudo para eles, mas as crianças não se integram, acabam cada um indo pra um lugar diferente, mas mudando de cultura para culinária, menina que bolo hein? Yumm Yumm!!!

    Exporta a dublinete friend pra cá pra ver se ela faz um pra mim próximo ano, rs! I'm just joking!

  15. Bom, eu acho que da festa de 1 ano eu ainda não consigo abrir mão também.
    Quem sabe as outras…
    O duro vai ser convencer a criança a não fazer festa, já que provavelmente na escola todos os amiguinhos vão fazer suas big festas.
    Ai, ai, tenho que ir preparando o bolso.rsrsr
    Fiquei com água na boca quando vi a foto do bolo. Que delíciaaaaa!!
    Ká, nós estamos grávidas, então estamos perdoadas por comer algumas fatias de bolo.rsrsrs
    Beijocas!

  16. O bolo tava uma delicia mesmo!!! Sempre que vc fizer aniversario me chama porfavor pois quero mais um pedaco hahaha.
    Ps: adorei o 4 nuggets, 2 sausages e o copo de refrigerante… hahaha Bem isso mesmo!
    😉

  17. Nivea, verdade vc me engorda depois me trata , né? hahahah, jea estou usando os creminhos, vai que eles são milagrosos!

    Sury, está convidada para o ano que vem! hahahah

    Gi, eu acho esse tipo de comemoração a cara dos americanos!

    Ka, vc acostuma…e até gosta depois…

    beijooo

  18. Ká,

    Tirei um tempinho pra ler teu blog, saber das novidades, e descubro teu aniver. Tô atrasada, mas nunca é tarde pra desejar coisas boas pros amigos, né? Parabéns, e muita alegria nesse ano novo que começa agora!

    Sobre as festas de criança, o primeiro aninho da Clara tá chegando e eu andei pensando o que fazer, festão ou festinha? Optei pelo bolinho no conforto do lar depois de levar a Clarinha num festão de 2 anos, no sábado passado. A aniversariante sofreu com o calor, estressou, ficou "chatinha" sem as sonequinhas, não curtiu a festa…
    Por isso, acho que o modelo europeu é mais sensato para os pequenos.

    beijos e saudades

  19. Nos somos super exagerados no Brasil, ne? Lembro de uma festa de 2 anos que fui da filha da minha chefe e que ela gastou 15.000 reais (em 2007), gente! Fala serio, ne? Prefiro as festinhas nessas bandas, muito mais pratico e economico. ahaha
    bjs

Deixe uma resposta