Jogando a Toalha

E então que eu cansei.
Cansei de gente que só reclama da vida, que só vê o lado ruim das coisas e que quando tem a oportunidade de mudar, não muda, persiste no mesmo erro.
De gente que só divide problemas, cansei.
E de gente que corre atrás deles, também.
E não é porque não os tenha, ou “minha vida seja um comercial de margarina”, como alguns bregas costumam dizer por aí, mas é que acho que cada um escolhe a vida que tem e escolhe o que dividir e eu sou assim, só divido, propago e falo sobre coisas boas, e se por ventura falar sobre algo que me aborrece, eu falo tirando sarro, porque se tem uma coisa na vida que eu sei fazer bem é tirar sarro, muito mais de mim, do que dos outros.
Mas eu também tiro sarro dos outros.
E se eu tiver alguma crítica construtiva a fazer a alguém, faço, direto, olhando nos olhos.
Se você quer uma amiga do tipo que te agrade até quando você não tem razão, que te diga “vá em frente e quebre a cara”, não é a mim que você está procurando.
Aliás, a coisa mais estúpida que alguém pode falar pra outra é “vai fundo você não tem nada a perder”
quando você podia fazer dessa afirmativa nonsense, uma pergunta, porque a gente sempre tem algo a perder quando não dá certo e muitas vezes nem vale a pena correr o risco.
E não me diga que não, porque eu sou amiga.
Sou amiga que elogia, critica, xinga, que escuta, amiga que tá junto, amiga que consola, amiga que fala a verdade, eu viro fã das minhas amigas.
Amiga que ama e que se você pedir com jeitinho consegue tudo de mim.
Sou amiga que manda mensagem, em uma terça a tarde pra dizer que está com saudade, amiga que manda cartão de Natal escrito a mão.
Que mesmo tendo 3 filhos, marido e uma casa pra se preocupar, arruma sempre tempo para uma conversa furada, para se atualizar.
Amiga que tem amigas de infância, de colégio, de faculdade e de afinidade.
Sou a amiga que casou com o melhor amigo.
Mas não se engane.
Tenho um montão de defeitos, sou chata, por exemplo.
Também falo alto, interrompo as pessoas, me intrometo onde não fui chamada, perco o tom, não sei escutar elogio sobre mim, mudo de assunto e sou crítica, muito crítica, auto crítica.
Tenho qualidades, todos temos, sou free de preconceitos, interessada e nem um pouco interesseira, corro atrás do que é meu (mesmo que o que seja meu esteja do outro lado do oceano como foi o caso), dou a minha cara a tapa pelas escolhas certas e erradas que eu fiz, não culpo ninguém, nem tenho traumas.
E eu escuto conselhos, mesmo.
Depois dos 25 anos aprendi a aprender com o erro dos outros, porque a vida não é receita de bolo, mas tem coisas que estão na cara que não vão dar certo.
.
.
.
.
E aí eu me pergunto, porque eu gastaria minhas energias escutando lamúrias, desilusões e arrependimentos, quando tudo era tão previsível…?
Pois é, já ia esquecendo de um outro defeito: Detesto gente burra, porque dependência emocional, pra mim, depois dos 30, é quase burrice.
E Ká.Entre.Nós, tem gente que precisa muito mais de um terapeuta, do que de um amigo, né?
.

.

.

Facebook Comments

36 Comments

  1. Ká, é isso concordo e assino embaixo de tudo o que escreveu aqui!
    Adoro as coisas que escreve,
    Um beijoo

  2. óóóóóh…
    é como se esse texto tivesse sido escrito por mim! to passaaaada! =)
    adorei!

  3. Ka… comento muito pouco, apesar de ansiar pelos seus post (seu bom humor e tiradas ótimas são grande motivo disso!!!)
    mas ó.. esse eu podia dar Ctrl C + Ctrl V (com autorização, claro)… Pq, caraca…. to cansada desse tipo de gente tbm.. mesmo as que gosto muito.. me sugam e cansam… e como cansam…
    Clap, clap, clap para vc!!!
    Ta certíssima e tbm assino em baixo!!!
    Bj em vc e nos pequenos!

  4. Eita ferro! Não queria ser a pessoa que despertou esse desabafo… Hahaha…
    Beijo

  5. Essa é a Karine que conheço… Amiga você foi perfeita na sua descrição , rs… Por isso tudo que cada dia mais te admiro e amo mais.
    Lembrei agora de você falando algumas coisas pra mim… rs !!!
    Bjusss

  6. Essa é a Karine que conheço… Amiga você foi perfeita na sua descrição , rs… Por isso tudo que cada dia mais te admiro e amo mais.
    Lembrei agora de você falando algumas coisas pra mim… rs !!!
    Bjusss

  7. Vixe Maria, alguem te tirou do serio! Bom, dependencia emocional pode ser doenca, mas trata com psicologo tambem. Esses dias eu estava conversando com uma amiga e ela so falando de problema, problema, problema, ate que uma hora eu falei: a sensacao que eu tenho eh q vc vai dormir planejando os problemas do dia seguinte, porque nao eh possivel! Gente assim suga nossa energia e eu jah estou velha para aguentar tanto nhemnhemnhem sem ser paga (porque quando eu era psicologa, era beleza ouvir isso, mas fora do consultorio, acho que cada pessoa deveria ter uma cota 🙂 )

  8. Ah um meses atras terminei uma amizade de anos porque nao aguentava mais tanta negatividade. Ela so via o lado negativo da coisa. Chega uma hora que a gente cansa mesmo. Espero que a sua mensagem atinja a pessoa certa.

    Beijos

  9. Adorei!!! concordo com tudo!! Ainda nao sou 100% positiva e desapegada emocionalmente como vc mas estou tentando! Mas da desconto que sou de cancer ne ahahahhaab. Te amo amiga! Vc eh super critica e sincera e adoro isso em vc! E mesmo com3 filhos aindantem tempo pra minhas maluquices 🙂

  10. Karine, depois que eu aprendi a deixar essa galera louca de lado, minha vida melhorou muito! Uma vez um conhecido terminou um namoro de longa data, a nega era louca e a gente bem sabia, aiii quando perguntei oque tinha rolado, ele me disse "Ingrid, pra aguentar a estupidez alheia tem gente que estuda muito e cobra caro, eu por muito tempo fiz por amor, mas agora deu, gente assim não precisa de amor, precisa de terapia e medicamento tarja preta", é fato!

    Beijocas

  11. Daiene Medeiros

    [Assinando embaixo!]

  12. Falou e disse gosto de gente que acrescente 🙂

  13. Ká vc disse td…tb assino embaixo…bjs

  14. Ai ai Ká.. Acho que você é minha irmã gemêa. Fomos separadas no nascimento! Parece que acabei de ler um " texto" sobre mim mesma!… Sem palavras. Te amo! ..^^..

  15. olha, a super direta pra sua amiga vai doer, e ela vai entender que foi pra ela e talvez ate fique magoada. posto isso, so tenho mais uma coisa a dizer: QUER SER MINHA AMIGA? 🙂

  16. Ai ai Ká, parece que acabei de ler um " texto" sobre mim mesma. Acho que você é minha irmã gêmea separada no nascimento! Sem palavras.. Te amo! ..^^..

  17. Sensacional Ka! Como algumas pessoas disseram acima, eu poderia assinar embaixo, concordo com cada vírgula! Tem que transformar este texto num viral, para quem sabe ajudar muita gente a ligar o simancol!

  18. Agora tem que falar quem eh!! 🙂

  19. Olá Karine, algumas pessoas entram nessa categoria do "me dê uma mamadeira e diga que tudo vai ficar bem". Eu tb tive pessoas na minha vida que reclamavam[ e ainda reclamam] muito, mas agir que é bom, nada.

    Eu chamo essas pessoas de piolho.Só sabe sugar o nosso tempo, energia, e se a gente não tiver cuidado, acaba alimentando a doença de negativismo que o sujeito tem.Vivemos num mundo onde as pessoas querem que os outros as bajulem o tempo inteiro, digam que são lindas, maravilhosas,que peidam cheirando à Chanel, que não fazem nada de errado, que a culpa é do pai, da mãe, do irmão, do chefe,menos deles. Sem condições.Tradução : as pessoas querem ser eterna crianças.Não querem se responsabilizar pela parte que as cabem e se sentem no direito de tudo.Querem mudança sem mover um dedo. Querem um brownie sem ter que quebrar um ovo.

    Esse tipo de pessoa nada e ninguém pode satisfazer.Amizade que o outro não pode ser sincero[pq quer o melhor para a pessoa] não é amizade.Mas se tem gente que acha lindo ser adulto com uma chupeta na boca, fazer o quê cidadão? 😛 rs….

    Bjs!

  20. que coisa, eu li e senti como se estivesse me lendo, essa leveza td na vida infelizmente eh dificil de achar, hj em dia a maioria gosta de lamuriar… e isso cansa

  21. Você explicou muito bem! Algumas pessoas parece que atraem desastres e problemas na vida! Até reparei que algumas no facebook nunca comentam de algo legal que fizeram, mas estão sempre comentando que estão doentes, que o filho está muito mal, que o marido sofreu um acidente grave… Dar uma méao em um momento difícil é uma coisa, é normal quando somos amigos, mas quando o tal amigo nunca contribui com algo positivo, mas apenas com lamentações, não tem amizade que funcione! O melhor amigo indicaria realmente um terapeuta!!!

  22. E como tem gente que ADORA só olhar as coisas sob uma perspectiva negativa…também não curto e quero longe! Porque problema todo mundo tem, é claro!! Mas viver falando sobre isso ninguém aguenta!! Adorei o desabafo!! Rsrsrsrsrsrs

  23. Sensacional, vizinha! O desabafo e vc! Quem já teve o prazer da sua companhia, sabe o quanto vc é leve! Bora chutar umas bundas feias pra longe!!! 😉
    bjoca

  24. Ká, se é que posso chamá-la assim!

    Sou sua fã, sabia? Fã do seu blog, fã de como você escreve e a maneira como se mostra. Parabéns pelas palavras, pela consciência através das palavras, se o mundo tivesse mais umas quantas mulheres como você, tudo estaria diferente!

    Um abraço apertado!

  25. Ká,

    Meus parabéns!!! Seu dasabafo me deixou mais próxima ainda de vc, da sua maturidade. Melhor dizendo, meu respeito e consideração por vc aumentou na proporção da sua maturidade. É muito bom desabafar, lavar a alma, a cabeça…E dasabafo como esse só vem de uma mulher que sabe o que quer e para onde ir. Que sabe tanto o que é viver que dá a cara à tapa, ou melhor a vida, e devo imaginar quanta inveja vc tem de enfrentar. Mas o sucesso tem também os seus ônus, não é? (eu disse Ônus) kkkkkkkkk Menina de alma boa, deixo aqui registrado o meu profundo apreço e carinho por vc! Um grande beijo. =))

Deixe uma resposta