E quem fica?

Semana passada ,escutei uma brasileira reclamando da quantidade de vezes que a mae liga pra ela do Brasil por dia.
Quando a gente toma a decisao de mudar de cidade,de pais,de lingua tudo passa a ser uma aventura e o tempo voooooooa,afinal,tudo eh novidade e cada dia ,a nao ser que voce seja completamente relax,eh um desafio.

Mas e pra quem fica?

Gente sejamos sinceros,a vida de quem fica fica igualzinha e pior…fica sem voce.(se sentiu importante agora,neh?)Eu tenho total consciencia de que eh muito mais dificil ficar do que partir.
Imagina como maes,pais,irmaos,filhos,amigos e (coitados)namorados devem se sentir abandonados,ate porque,e (isso ninguem pode negar)TUDO PODE ACONTECER,inclusive, VOCE NAO VOLTAR.
Entao se voce esta indo,um conselho:seja sempre o mais sincera(e paciente) possivel com aqueles que ficam,principalmente “aqueles” que sinceramente levarao voce para o resto da vida aconteca o que acontecer.

Se sua mae ligar 6548888888888888 vezes ,ou se o namorado(a) ficar emburrado(a) porque voce esqueceu a data do aniversario de namoro,entenda.O amor tem dessas coisas.
E tudo que eles querem eh continuar fazendo parte da sua vida,mesmo que a oceanos de distancia.O que eh justo,nao acha?

*_*

Adicionar aos Favoritos BlogBlogs

Facebook Comments

23 Comments

  1. Eu compreendo perfeitmanete esses sentimentos e desencontros, vivo em Paris há anos e isso o mesmo, o tempo aqui passa mais rápido e sem rédias… adorei, pensei que isso fosse apenas um sentimento meu! bjs

  2. Verdade.
    Também acho que o pior é para quem fica. Depois, carinho (e mostras dele), nunca é demais.

  3. Ai amiga,

    falou, aliás, escreveu tudo! 🙂
    Qd eu falo pra minha mae que o tempo está voando, ela me responde: Só se for pra vc!

    eh bem assim mesmo, né?!

    Mas fazer o que se somos filhos do mundo? 🙂

    Beijos

  4. “a vida de quem fica fica igualzinha e pior…fica sem voce”

    eu nunca tinha parado para pensar nisso…

  5. também sempre reclamo.rs
    mas quem fica também deveria saber que nosso tempo passa rápido e maneirar nas ligações…
    brincadeira, claro!
    saudade é um ingrediente importante no amor.

    como disse você: “O amor tem dessas coisas.”

  6. Ainda bem que não tive uma experiência assim!!
    Mas tiro até mesmo pela minha mãe.
    Minha irmã se casou e mora (só) em outro bairro que nem é longe, mas ela quer falar com a minha irmã no mínimo 4 x por semana.
    E pergunta como está os netos, se ela comeu, se está assistindo a novela, se viu aquele filme.
    Eu acho de mais tudo isso, mas agora lendo seu texto fiquei pensando a falta que a minha mãe não deve sentir dela, e que, sei lá, tenha medo de já não fazer parte da vida dela.
    Seu texto me ajudou a entender um pouco o sentimento da minha mãe, e já vou saber, quando sair de casa, ter paciência nas inúmeras vezes em que ela me ligar.

    Abç…

  7. é verdade, quem fica sempre sofre mais… em todos os sentidos…

  8. eu sinto só de pensar em ir…rsrsrs é por isso que ainda não fui…rsrs

    sou muito apegada na minha mãe…não me incomodaria se ela ligasse toda hora

    bom blog
    Dta

  9. Nossa! Nunca parei pra pensar desse jeito. é a mais pura realidade.

    Gostei daqui. Bjoss

  10. Eu ia adorar isso. É sinônimo de amor…
    E sentir saudades é terrível.

  11. Eu so vi meu pai chorar uma vez na vida..qdo eu fui morar um ano em Brasilia. Ou seja…não custa nada respeitar a dor de quem fica (sem você).

  12. Realmente, tb sempre fui adepto dos que acham partir bem mais fácil…
    dói no inicio, mas com as novidades da vida que começa a viver vc vai esqucendo, já quem fica sente a dor de ter visto vc ir embora.

    A pior delas é a morte com td certeza…
    não sabemos o que existe depois, se é que existe, mas as vzs vc prefere ir ao invés de ver alguém indo..

  13. Se mamãe já fica preucupada com a filhinha saindo no frio de são paulo imagine no frio europeu….

  14. se fosse comigo eu iria adorar…
    po ela se preocupa com a filha pq a ama e ela ainda fica reclamando!!!

    http://www.avidanobeco.com/

  15. Moro fora de casa fazem 5 anos…e parece que com o tempo as ligacoes diminuem…a minha vida continua aqui o do pessoal la de casa tb…voltaram hj por sinal…hehhe…mas eh assim mermo…

    bjoooo
    Qualquer coisa…
    http://republicafederativa.blogspot.com/

  16. Puts fala nao concordo plenamente contigo.

    KEm parte deixa saudades….gostei da postagem

    http://www.sonacachaca.com

  17. A partir do momento que agente mora sozinho sem os pais, ja começa a mudar a nossa vida e muda a deles também… Quanto a mudar pra distante onde eles nao possam visitar um FDS é óbvio que o unico meio é o telefone, quando não a internet… e é totalmente compreensivo..

    Abraços
    Cisco
    http://borarir.blogspot.com/

  18. Nunca tinha pensado por esse lado, mas vc tem toda razão…
    A vida de quem vai, muda completamente. Lugar novo, pessoas novas, lingua nova, tantas coisas pra conhecer e aprender…
    Mas pra quem fica, tudo continua igualzinho, com o agravante da saudade que só faz aumentar.
    Não tô dzndo q quem vai n sinta saudade, mas eu acho q a saudade é um pouco amenizada pelas novidades.

    Bjo

  19. Minha mãe responde a mesma coisa .. ¬¬

  20. É verdade, qm vai tem o bônnus de conhecer pessoas novas, de recomeçar, quem fica tem o ônnus de
    viver sem aquela pessoa amada e tal. Mas esse é um problema que a gente aprende a lidar. No outro ano vou estudar fora, e não sei como vai ser pois sou muiiiiiiiiito apegada aos meus pais.

    beeijO

  21. Nossa adorei o texto…e compreend perfeitamente!! D auma passadinha n meu

    http://www.ideias-loucas.blogspot.com

    =*

  22. Texto perfeito!
    Quem fica além de torcer para quem vai, torce muito mais para chegar logo a Volta! hehe
    Parabéns!
    Rodrigo

  23. A filha dessa mãe que liga todo o dia deve ser nova, né? Com o tempo a mãe se acostuma e liga menos. Acho que quando a mãe vê que o filho está curtindo demais fica com medo dele não voltar. Talvez, no futuro, quando a mãe não ligar com a mesma frequência a filha vai sentir falta!

Deixe uma resposta