Bring Sean Home

Nao sei se voces ficaram sabendo do caso do menino “Sean” que foi “Sequestrado” pela mae e hoje o pai briga com o padrasto pela guarda do filho na justica brasileira.

A historia ,segundo a midia,diz que a mae Bruna e o filho sairam dos E.U.A em 2004 com destino ao Brasil com data certa para retornar,e a autorizacao de viagem foi concedida pelo pai do menino que era casado com a mae a 4 anos.

Chegando ao Brasil,Bruna ligou para o marido informando que nao voltaria e que queria o divorcio e que se David nao aceitasse nao deixaria o mesmo ver Sean.

O fato e’ que o pai ficou sem ver o garoto durante esses 4 anos,e nesse meio tempo a sua esposa se envolveu e casou legalmente (nao se sabe como, porque ela continuava casada com o primeiro marido)com um influente advogado brasileiro(João Paulo Lins e Silva) e engravidou,vindo a falecer em agosto do ano passado,no parto,dando incio assim uma inacreditavel batalha judicial entre pai e padrasto.

Eu sempre gosto de saber os dois lados da historia e quando ouvi essa pela primeira vez e escutei um depoimento da mae do menino dizendo que o pai era um bom pai e que nao maltratava nenhum dos dois passei a acreditar na legitimidade da historia.

Entao porque uma mae,casada com um americano,com um filho,relacionamento estavel,bom padrao de vida ,decide virar as costas para a vida que tinha fora do Brasil e decide afastar sem mais nem menos o filho da convivencia do pai?

Para quem mora fora nao e’ tao dificil de entender.
Apesar de nao concordar com essa atitude no minimo desleal,os motivos dela foram simplesmente a vida que se tem aqui fora.

No Brasil,como sabemos,qualquer familia de classe media conta com a ajuda de uma empregada domestica,passadeira,baba’…aqui fora a nossa realidade e’ outra e confesso sim,que muitas vezes pra alguem que viveu uma vida inteira sem fazer feijao,se ver tendo que cozinhar todos os dias requer muito amor,paciencia e forca de vontade,sem contar no tamanho das casas..:o

Nao estou defendendo a moca em questao,que inclusive nem esta mais no meio de no’s,ate’ porque quando nos envolvemos com alguem de outra nacionalidade e moramos aonde essa pessoa vive,temos uma ideia do que nos aguarda,cabe aceitar ou nao.Certo?

Enfim,to ajudando a divulgar a campanha Bring Sean Home.
Para quem quiser mais informacoes aqui esta o site : http://bringseanhome.org/

Que seja decidido o melhor para a crianca e que a justica seja feita.

Beijos Nossos.

Facebook Comments

2 Comments

  1. ka, esta matéria saiu na revista Veja de ontem.
    Tbm estou procurando me infomar, afinal comecei a acompanhar há alguns meses atrás.
    Aconteceu o seguinte, acompanho os blogs do Bloglog da Globo.com.
    E gosto muito do Blog da Nivea Stelman. No final de agosto ela colocou uma mensagem no blog, que sua amiga a estilista Bruna Biachi, tinha tido uma bebezinha chamada Chiará, foi um post pequeno e tal. No dia seguinte, ela publica que a amiga morreu na clinica São José…Ai começou o meu interesse por este assunto…
    A estilista tinha 33 anos, uma vida saudável, rica, casada com um Lins e Silva, tudo normal até a morte no parto.
    Os Lins e Silva, que são conhecidos por ser uma familia de juristas famosos, abriram um inquereto para saber as causas da morte. A revista Veja, tbm publicou uma materia sobre isso…
    Enfim, ontem quando li que a mã edo menino americano era essa mulher levei um choc.
    A Veja, foi imparcial na noticia, mas levantou pontos que realemnte chamam atenção.
    Amanhã vou digitalizar a reportagem e te mando.
    Grande bjo depois me passe seu msn, pelo orkut.
    Bjs

Deixe uma resposta