Pais e Filhos, de quem?

Acabei de ler uma matéria, do tipo “rodapé chega logo pra eu ficar aliviada de que todo o texto que acabei de ler é uma grande brincadeira” (de mau gosto, mas brincadeira).
Para o meu azar e de milhares de pessoas, nesse caso, não era brincadeira.
Era texto de verdade, texto de propaganda(sem indicação de que se tratava de propaganda).
Texto cafajeste.
Texto cafajeste publicado na revista de maior circulação do seguimento.

Quem me conhece sabe, eu sou ativista da escolha.
Escolha baseada em informação.
Escolha consciente.
Não amamentei meus filhos por muito tempo, tenho 4, você pode imaginar que os motivos são sem fim, mas jamais, em tempo algum, na minha história, usei esse blog para dizer que amamentação é out ou modismo, isso não seria benéfico, seria um des-serviço social, e se não é pra ajudar, não atrapalho.

Em off, sabemos que muitas mulheres se sentem culpadas pela pressão social na amamentação, se o intuito do texto foi “acalmar” o coração dessas mulheres, a roteirista global errou a mão.(os braços, os pés, o cabelo…)

O grande desafio para quem escreve, hoje mais ainda em época de inclusão social, é conseguir falar de A, sem precisar falar mal de B, é informar sem agredir (mesmo com mensagens implícitas) quem pensa ou apoia uma causa diferente.

Que o direito de escolha esteja em segundo lugar, porque em primeiro lugar o que tem que estar é s-e-m-p-r-e o direito a informação, parece que a Pais e Filhos, não pensa muito assim.

A matéria a que me refiro, é essa (daqui).

P.s.: Depois de toda pressão sofrida, principalmente por nós, mães e pais, a Pais e Filhos, decidiu tirar a matéria do ar e se desculpou (aqui)

Facebook Comments

12 Comments

  1. Oi Ka, li o artigo da revista e deixei um comentario bem desaforado para a autora desse texto ridiculo!
    Angela Machado

  2. Deprimente, revoltante.

  3. Pq vc não amamentou?

  4. Oi Ká,

    Não sou mãe e não entendo muito de criança, mas tenho bom senso!
    Hoje de manhã lí esse texto e fiquei chocada com a falta de respeito, tá na cara que isso é uma propaganda mas como não foi sinalizada como tal, trata-se de uma falta de respeito com o leitor da pais e filhos, um texto desse não seria "normal" nem que a Nestlé fosse sócia da revista!

  5. Não vou julgar quem não amamenta, mas dizer que amamentar é moda??? Alguém avisa essa fulana que somos mamíferos!

  6. Fiquei chocada. A materia foi removida e a revista pediu desculpas.

  7. Esse é apenas um de muitos dos erros da "Pais e Filhos", já tive o desprazer de assiná-la; havia reportagens absurdas, mal escritas e liguei alguns meses depois cancelando, era muito ruim!

  8. Que redigiu essa seçao da revista, tem sérios problemas a se resolver.A maioria das revistas, quase a maioria, é feita pra vender, e amamentação nao é e nunca foi tabu e nem modinha de rede social

  9. Eu amamentei, mas quem sou eu para julgar quem não o faz? Cada um tem suas escolhas ou limitações, eu hein,kkkkkkk
    Mas confesso que preferiria não amamentar,kkkkkkkkkkkk

  10. Eu queria mas tambem nao tive sucesso. So consegui por 1 mes e olha la…minha filha sempre estava faminta e quando dava o peito, ela dormia. Eu nem saia de casa, era sempre tentando e ficou a rotina assim: peito, soneca, fome, peito,soneca, exaustao,…ate perceber que a coitadinha passava fome mesmo. Parei ali e nao sinto saudades. Ela foi uma bebe adoravel,daquelas que dormia as noites inteiras e acordava rindo.

Deixe uma resposta