Nem todo mundo vai te amar.

Nem todo mundo vai te amar.

Hoje é o aniversário da Amy.

Eu poderia dizer a ela só coisas bonitas.

Aliás, eu disse.

Eu falei o quanto ela é incrível e muito especial para nós, a família dela.

Disse que minha vida é mais feliz e completa desde que ela chegou.

Também a lembrei que amo sua energia, seu sorriso, sua empatia pelos outros e que fico orgulhosa pela sua inteligência.

Frisei o quanto a honestidade dela me inspira e o quanto eu levo a sério suas críticas de moda.

Falei que o mundo é melhor com ela e  que mesmo que ela tenha vindo por último e nunca tenha tido atenção exclusiva, ela terá sempre minha atenção e que pode contar comigo para o que precisar, sem exceção , condição ou restrição.

Amy está fazendo 7 anos hoje, e veja você, já passou (está passando) por uma pandemia.

Então, pra completar tudo o que eu disse, e que a gente diz para as pessoas que a gente ama, eu também disse a ela que tudo o que me faz ama-lá mais, será provavelmente o que fará outras pessoas a amarem de menos.

Que ela encontrará gente pelo caminho que não vai gostar dela, uns com motivos, outros sem motivos.

Que pra uns ela será demais, para outros de menos, mas que ela será na medida certa para outros tantos.

Falei que ela não precisa mudar para agradar ninguém, mas que ela por si, pode e deve se rever, mudar de roupa, de escolhas, de opinião e de vida, se ela quiser.

O aniversário é  da Amy.

7 anos que fechei meu ciclo de reprodução humana.

Então, mesmo tendo falado tudo isso aí pra ela, eu também estava falando pra mim.

Happy Birthday Amyzica, você sem dúvida foi a maior maluquice da minha vida, e a melhor.

 

 

Facebook Comments

One Comment

  1. Tô adorando visitar e ler seus conteúdos, são sempre os melhores!

Deixe uma resposta