Movimento Gay em Dublin.

Movimento Gay em Dublin.

Mesmo sendo a Irlanda um país extremamente católico e a Igreja católica sendo extremamente homofóbica, o grupo  militante Gay and Lesbian Equality Network tem muito o que comemorar, no final do mês de julho a presidente irlandesa, Mary McAleese (ahá você não sabia que a Irlanda tinha uma presidentA, né?), assinou o projeto de Lei  que apartir de agora reconhece a união de Gays e Lésbicas na Irlanda.

A Lei que entrará em vigor em janeiro garante direitos como pensões, inclusão em plano de saúde, imigração, reconhecimento como casal em caso de violência doméstica e declaração conjunta de impostos.

No Brasil outro grande passo foi dado também a pouco, gays poderão apartir de agora serem incluídos como dependentes no imposto de renda (IR), com as mesmas regras para os heterosexuais.

Ká.Entre.Nós, nada mais justo do que cidadãos que cumprem seu papel na sociedade, tenham seus direitos  respeitados, certo?
.

Facebook Comments

10 Comments

  1. Gente é gente pô! Não importa o que gosta de comer entre 4 paredes. Fico feliz de ver o mundo evoluindo!

  2. Segundo uma amigona baiana que mora por aqui, o grupo de lésbicas do qual ela participa tem crescido rapidamente. Já são umas 600 meninas que gostam de meninas e se reúnem regularmente. Acho que o povo está se sentindo cada vez mais a vontade aqui na ilha… Que bom!

  3. Não dá para ser excessão. Se existem casais gays, todos devem ser amparados pela Lei. Direitos iguais.

    Bjs

  4. Aqui na Espanha a Lei existe desde 2005. Foi um dos primeira países da Europa a permitir o casamento homossexual.

  5. Exatamente. Tá mais que no direito deles.

    Aqui na Tr ainda vai demorar pra algo assim acontecer…

    Beijos

  6. Todos devem ter seus direitos respeitados…desde que não prejudiquem o próximo. bjs

  7. Certíssimo. Antes tarde do que nunca, né?! Espero que as coiss continuem a evoluir. Pena ver coisas como a Califórnia. Aqui a união é permitida, casamentos civis acontecem sem o menor problema, com a participacao dos amigos e da família. Inclusive, gays podem solicitar visto de parceria para seus parceiros estrangeiros, sob as mesmas condições que os casais heteros.

    Bj!!!!

    p.s: te listei numa "BC" la no blog.

  8. Todas as ações para que torne o mundo mais igual é boa. Mas tudo toma tempo porque toda mudança é feita com cautela…

    Se o Estado quer recolher impostos dos gays, é obrigatório que tenham todos os direitos como heterossexual. Todos!!! Inclusive casar, ter filho e por ai vai. Porque, na hora de cobrar é igual, mas na hora dos direitos é diferente?

    Minha humilde opinião.

    Beijos

  9. Li isto dias atras… Fantastico esta lei que vai garantir ainda mais os direitos humanos por aqui. Uma vitoria sem duvida para o povo irlandes que viveu oprimido centenas de anos. Tenho varios amigos gays e os acho divertidissimos e os amo de paixao.

  10. Aqui na Alemanha tô por fora do negócio, mas união hetero é reconhecida sim. Casadenhos bonetenhos. E tem pra xuxu.
    O mundo é gay, não tem como negar. Merecidíssimos!!

Deixe uma resposta