Uncategorized

Maturidade, onde vende?

A coisa mais madura que eu fiz nos últimos tempos foi prometer (a mim mesma) que não gastaria atoa, e economizaria para um cruzeiro 5 estrelas com a família, com direito a Champagne no café da manhã.

Daí, veja você, precisei ir até a Grafton Street comprar um presente, do verbo se eu não for rosinha não ganha nada do dia dos pais (pois é minha gente, dia dos pais na Irlanda é essa semana), e puft, dei de cara com o anel mais lindo da face da terra e ele era azul e era da Louis Vuitton e combina com uma blusa linda de morrer que eu tenho e era fútil, ou seja, a minha cara.
Nascemos um para o outro.

Pensei , pensei, pensei, compro ou não compro? compro ou não compro?
Afinal sou uma mulher madura e de princípios e tenho que passar por provações.
Oh dúvida cruel !!!

rosinha que me ama, me ama muito (é bom que continue me amando) ficou sem presente do dia dos pais.

Mas nas economias não mexi.

Não dá pra enganar.
Foco e maturidade não me pertencem.
But who cares, quando se tem um anel Tropical que combina com uma blusa azul linda que eu tenho?
.

Facebook Comments

Deixe uma resposta