Karine goldschmidt.

Não, eu não mudei de sobrenome pela milésima vez, é que eu e a Márcia somos carne unha, alma gêmea, bate coração e além de tudo isso eu, assim como ela, gosto de dar conselhos matrimoniais, não que alguém me peça, as vezes até pedem, mas normalmente eu mando a letra antes.

Eu sempre fui muito tranquila com esse lance de relacionamento, sem grandes dramas, eu não super valorizava a parte sentimental da minha vida, não que eu não respeitasse o namorado bacana da vez, respeitava, mas nunca(com exceção de quando tive meu primeiro namorado, aquele santo!) deixei minhas amizades de lado e de curtir minha independência e pode acreditar, eu era muito feliz assim.

Achei que não me casaria novamente, que não teria mais filhos, que não tinha vocação alguma para housewife e que meu destino era ser star. (essa parte é mentira)
Tudo mudou, mas mesmo isso não fazendo de mim uma expert em relacionamentos, sempre fui boa em dar pitaco (os exs das amigas que o digam!), Não que eu seja do tipo “Esquadrão da Moda” que enquadre qualquer deslize comportamental como falha e aconselhe a dispensar o indivíduo no primeiro furo, mas ainda não consigo entender como as minhas amigas, normalmente as mais bacanas delas, se envolvem com caras sem noção, sem perspectiva, sem bom senso e sem futuro.

Será possível que ainda exista em pleno século 21 essa pressão social toda para casamento e filhos?
Eu continuo acreditando piamente de que o inimigo número um do amor seja o medo de ficar sozinha,porque sério, como pode passar pela cabeça de pessoas tão incríveis quanto elas, que acabar só seja o destino?

A previsão é que com a chegada de uma nova frente fria o céu fique nublado e haja trovoadas esparsas.Contudo,o tempo inda é o melhor remédio”* –Marla de Queiroz-

E vamos conversar, tempo é o que elas tem de sobra, enquanto isso “ficar pra titia” é o maior elogio, muito melhor do que ficar pra o otário.

“Deus não te tira as coisas, ele te livra delas”
Caio F.

.

Facebook Comments

22 Comments

  1. Pois é… tenho amigas que já chegaram na casa dos 30 e ainda não "casaram"… isso para elas é desesperador. E no final, o resultado é sempre o mesmo: esta loucura por não ficar sozinha acaba levando a ficar com qualquer um, sem fazer muita exigência… e esse qualquer um normalmente não é um dos melhor.
    Mas pensando por outro lado, nós temos a nossa casinha, nosso alguém pra chamar de meu, nossas coisinhas a dois… o que faríamos se estivéssemos na pele delas? Também seriamos mulheres desesperadas? Vai saber…

  2. Será Glenda? Eu acho curtia minha solteirice, por isso hoje curto meu casamento…

  3. Eu acho que quem tá casada, casou exatamente por ser desencanada, por não atender pressões, nem pressionar namorado pra casar e ele fugir na primeira oportunidade. Eu mesma, quando menina, dizia que ia casar depois que eu já tivesse formada, estável profissionalmente e com uma casa minha… O tempo passa, o tempo voa, 22 aninhos a amasiada (termo da época da minha avó) com meu até hoje.
    E, sim, tem muita pressão, pq desde que casei, o povo fica perguntando por filhos. É aquela ordem que tem que ser seguida, sabe? Casamento, depois filhos…

    Bjs!

  4. Mas o pior de tudo é quando elas decidem abrir os olhos e terminar tudo e a gente ainda ajuda a descer o porrete neles, falando toooooda nossa opinião e na primeira oportunidade elas voltam…e a gente fica sem a amiga e com a cara no chão!

  5. Muito bom o post, acho que preciso de uns conselhos seus Karine Goldschmidt, estou saindo com um Irish e Meu Deus como tem coisas diferentes… rs

    beijao
    Pri

  6. xi menina, e eu que nao queria casar nem uma vez? acabei casando duas…kkkk

  7. Oie Ká,

    é impressionante o que as pessoas put up with it pelo fato de não aprenderem de estar felizes por estarem só.Se a pessoa não aprendeu a se amar,não será capaz de cultivar um relacionamento saudável.Vai entrar para exigir ao invés de somar.

    Eu sabia que meu marido era o homem certo pq eu estava amando quem eu estava me tornando à medida que desenvolvíamos um relacionamento.Em nenhum momento me tornei algo que nunca fui, I've just enhanced what was already inside of me, and that was the beauty of the thing.Não só eu ganhei, mas meus amigos e família tb!

    Creio que as pessoas se metem em cilada, pois estão tão carentes e vazias de referenciais de família e boas amizades.Por isso elas entram de cabeça e entram com pressa.Quando o cara[ou dona] se revela ser um[a] loser,é tarde demais, pq existem muitos sentimentos envolvidos, aí fica mais difícil de pensar racionalmente.

    Creio que as pessoas tb se metem em encrenca emocional, pois não sabem muito bem o que querem, o que acaba por dificultar as coisas.

    Vamos supor, elas dizem que querem uma pessoa que gosta de sair, mas acaba namorando um nerd que só quer ficar em casa- e dizem: ah mas ele é tão gente boa! – e daí se ele é gente boa? Vai dar colisão if that's a biggie for the lady.

    Alright, vou parar por aqui pq o assunto dá pano pra manga!

    Em suma : é preciso se amar e se apaixonar por si mesmo diariamente, para assim se apaixonar pelo outro!

    Bjos! Amei o post!

    ps: recebi o email 🙂

  8. Queremos consultorio amoroso com Karine Goldschmidt 🙂

    Eu sempre brincava que ia virar Bridget Jones, cantando ALL BY MYSELF pra secretaria eletronica.. o negocio e nao estressar e aproveitar o que a vida tras de bom, afinal ate a Bridget Jones tinha seu casinho com o Hugh Grant, ne.. nao estava tao mal assim 😉

  9. Boa, Márcia! Vivo recebendo emails desesperados de várias amigas e parece que as vi nesse post. Triste…

  10. Oi Ká gold…rsrsrs ..bons conselhos..no fundo td mundo quer encontrar "o cara", é só não procurar que ele aparece, aproveitar a solteirice tb é muito bom!!!bjs

  11. Infelizmente isso é muito real… Tb tenho amigas minhas lindas e interessantes que tao com um cara otário… ai que raiva!!

  12. Tirou as palavras da minha boca! Tenho amigas assim tb e odeiooooooooooo ve-las chorando por 'medo de ficar sozinha'… aff… bjbj

  13. já pensei, antes de fazer este primeiro comentário..hahhahahaha…o que eu vou dizer agora, eu sempre digo pros amigos e eles sempre riem, porque é tragicômico…
    no programa da marcia goldssmith ( a verdadeira)..ela sempre inicia dizendo em alto e bom som: "mexeu com você, mexeu comigo, meu nome é Marcia goldsmith"
    eu adooooooro dizer: "mexeu com você, vc que se foda"..hahahahahahhhahahaah… beijo, do colorido.

  14. Mas que rréiva desde blogspot. Adora dar um perdido nos meus posts!!

    Morena, eu tenho a mesma sensação que tu. No ano novo vou orar pelas amiguinhas encalhadas que só pegam os machos cancros, pra terem um furuto lindo – sozinhas ou não. Meu lado terapeuta às vezes some e eu parto pro palavrão quando a amilga repete os erros há anos e ainda quer conselho. A loira cansa, sabe? :-/

  15. Wagner, devo admitir que é mais fácil! hahaha

    Bruna, te entendo, a morena tambem as vezes perde a dela!

    beijo

  16. que isso Ju, todo mundo precisa de uns otarios na vida para dar valor quando encontrar um cara especial. ja tive muitos, por causa deles sei que não existe no mundo homem mais bacana que o meu marido! um viva para os otarios, que eles nunca deixem de existir!!!

  17. Eu sou um casadoiro serial rsrsrsrs, mas é porque dei sorte de encontrar mulheres incríveis.
    Também tenho vocação para ouvidor geral da república e conselheiro sentimental.
    E fecho contigo: antes só do que mal acompanhado.

  18. Ka
    Tambem dou conselhos por ai e vou te contar…o que me irrita mesmo eh quando a mulherada comeca a inventar as desculpas mais esfarrapadas para si mesma. Eh tao obvio. Tive uma amiga que o namorado sumiu durante dez dias, nao atendia telefone,email, nada. Quando apareceu, deu a desculpa de que estava muito ocupado com os trabalhos da faculdade. O triste foi ve-la aceitar isso e ainda tentar me convencer, ou seja, tentar se convencer. Eu acho ate que se ela tava a fim dele e de aceitar qualquer coisa, tudo bem. cada um sabe como e feliz. Porem, encare as coisas de olhos a abertos, aceite o safado do jeito que ele eh e diga pro mundo: "eu gostcho"! Beijos

  19. Ka
    Tambem dou conselhos por ai e vou te contar…o que me irrita mesmo eh quando a mulherada comeca a inventar as desculpas mais esfarrapadas para si mesma. Eh tao obvio. Tive uma amiga que o namorado sumiu durante dez dias, nao atendia telefone,email, nada. Quando apareceu, deu a desculpa de que estava muito ocupado com os trabalhos da faculdade. O triste foi ve-la aceitar isso e ainda tentar me convencer, ou seja, tentar se convencer. Eu acho ate que se ela tava a fim dele e de aceitar qualquer coisa, tudo bem. cada um sabe como e feliz. Porem, encare as coisas de olhos a abertos, aceite o safado do jeito que ele eh e diga pro mundo: "eu gostcho"! Beijos

  20. Oi Karine

    Nossa que legal, acho que se estou sozinha talvez tenha sido uma ecolha e as vezes é muito melhor curtir a solterice sem neuras hahaha.

    Abs
    Sônia

  21. Eu nao esqueco o que voce me disse uma vez: "voce gosta de bater palma pra maluco dancar, hein amiga?"

    Eu sou quase o estereotipo do texto. A diferenca eh que eu simplesmente nao vi os milhoes de sinais vermelhos que nao paravam de piscar por anos a fio… mas quando a gente eh novinha acha a vida um conto de fadas. Enfim, eu quero acreditar que aprendi a ver os sinais vermelhos antes do cruzamento, mas nao sei mesmo. So o tempo vai dizer.

    Beijao Ka.

  22. Amiga, você estava nos meus pensamentos tambem quando escrevi, mas de uma maneira mais light, até porque eu cheguei tarde e vc casou!
    Se eu existisse na sua visa antes, quem sabe eu não te salvava da furada!
    Brincadeiras a parte, vc é uma das incriveis e daqui a pouco encontra um super bacana pra te acompanhar….
    E fala sério se eu não estava certa no meu conselho super delicado…HAHAHAAHHA

    beijooooo

Deixe uma resposta