Irlanda, Um País de Todos..

Os Católicos.

Se você é Macumbeiro, espírita, Mulçumano, Evangélico, aqui não é o seu lugar.

85% das escolas na Irlanda pertencem a  Igreja Católica, e a maioria dificulta a entrada de estudante que pertença a outra religião.
Semana passada , mesmo com todos os escandalos de abusos sexuais envolvendo Padres Irlandeses, outra polêmica foi levantada pela ministra da educação que sugeriu  que crianças não católicas ficassem de fora de atividades que tivessem algum fundo religioso ou seja, elas seriam isoladas.

Muito me impressiona que um País que tenha sido(e ainda seja) alvo de ataques pelos protestantes , levante , sem motivo, a bandeira da intolerância religiosa.
(Tô desconfiada que o IRA vai voltar a recrutar.)

A Igreja se defende falando que essa é uma decisão do governo e que ela não tem nenhuma influência nesse aspecto, o que quem sabe do poder religioso por aqui, com certeza não acredita.

A Educate Together (uma rede de escola ) entrou na discursão e defende o método mais simples e indolor, aula de religião é encarada como atividade extra classe  e quem não é católico não precisa participar, mas não é excluido.
Democraticamente correta.Como a Igreja e o Estado deveriam ser, mas pelo visto, nunca serão.
Pelo menos por aqui.

Facebook Comments

12 Comments

  1. Eu fiquei surpresa quando descobri que aqui na França o povo nao esta nem ai pra esse negocio de religião. Milhares de igrejas lindas, vazias e de portas fechadas. Aqui o laicismo é colocado em pratic. " a laicidade permitiu instaurar a separação da sociedade civil e das religiões, não exercendo o Estado qualquer poder religioso e as igrejas qualquer poder político". Nas escolas, as crianças não podem usar nenhum tipo de acessorio religioso, nem crucifixos no pescoço, nem véus se forem muçulmano, nem roupa nenhuma que remeta à uma religião. Eu acho bacana. Teoricamente aumenta o respeito entre aqueles possuem fés diferentes, não obrigando um a conviver com a crença do outro. Escola é para estudar e pronto, não para falar de Deus.

  2. A criança já aprende a segregar na sala de aula e vai passar a vida se achando menos ou mais do que os outros… Triste isso acontecer na nossa ilha querida…

  3. pow adoreii o blog… muito scki sempre ireii dar uma passadinha por aqui pos ameiii
    se der da uma passadinha no meu blog la e seja seguidora ja estou te seguindo amor abçãoo

  4. Essa miscelenia entre Igreja e Estado daí é ridicula: nem aulas de educacao sexual tem nas escolas e nos livros de ciencias escolhidos para as classes adolescentes, nao falam nadinha de anticoncepcionais, pq a igreja os condena.

  5. A postura do governo e da igreja deveria ser repensada…se queremos e buscamos a PAZ, a tolerância é o início de tudo..bjs

  6. Então Mirelle, esse lance de religião é bem polêmico, no meu ponto de vista o que a França faz é ignorar a religião alheia, porque quando a gente respeita uma coisa, a gente não pede para essa coisa ser disfarçada, como você disse que crianças não podem usar véu e nem crucifixo, pra mim respeitar é aceitar, cada um usa o que quer sem necessariamente levantar críticas ou bandeiras, é aquela coisa de 'cada um no seu quadrado' saca?

    Mas entre essa postura francesa e a irlandesa, com certeza o meu 'voto' vai pra postura de vocês.

    Igreja e Estado a muito deveriam ser entidades diferentes.

  7. Caramba, Ka! 85%? É mt!Ensino religioso aqui na Turquia nas "high schools" são opcionais.E é mt mais um estudo sobre religiões do que aulas sobre islamismo. Mas mesmo assim, no futuro, eu optarei por uma escola sem ensino religioso qd eu tiver um filho. Prefiro assim.

    Sou católica, mas não acho que ensino religioso tenha que ser lição obrigatória…

  8. Realmente, karine, você disse tudo: respeitar é aceitar! E respeito é "pedra angular"; princípio básico de qualquer convivência e um mal contra a intolerância!

  9. Vc acaba de ganhar um selinho prênio… vai lá no meu blog pegar!

  10. A Educate Together nem tem "aula de religião" eles tem uma especie de aula de cultura religiosa. A matéria "Religião" é obrigatória no curriculum (ditado pelo governo) então a escola fala sobre todas as religiões e dão enfase equilibrada a todas. É admiravel! Na verdade, minha única crítica seria que eles não dão enfoque semelhante ao ateísmo, afinal existem os que creem e os que simplesmente não creem…

  11. Aula de religião para que? Para expandir as idéias da ***** do ecumenismo? Ah manda essa gente se cata. Se somos cidadãos democratas, temos o direito de seguir nossa prórpia crença.

    http://tocadocogumelo.blogspot.com/

  12. Realmente religião é como futebol: nao dá pra discutir!!
    Pelo menos aqui em terras germânicas é tudo muito democrático e praticamente livre de preconceitos. Por termos muitos mulcumanos, aulas de religião sao extra curricular e, tem pra todos os gostos.
    A única coisa que me assusta mesmo aqui é o número de ateus que existe. Alemão é muito cético, prático até demais pro meu gosto.

Deixe uma resposta