Eat, Dance and Love.

Eat, Dance and Love.

E então que eu adoro sair para dançar.
Para dançar.
Porque não gosto de sair para beber, sabe?
Nunca gostei.
E eu danço de olhos fechados e esqueço do mundo, e vez ou outra é bom esquecer do mundo.
Por isso, para mim essa vida noturna de Dublin normalmente é boringZzzzz, já que o que a comunidade européia gosta mesmo de fazer, é de sair pra beber, mas eu não gosto.
E eu continuo saindo pra dançar meu eletrônico, graças a Deus.
Não tanto quanto eu gostaria e tals, mas continuo.
E o Rosinha acha Mui estranho eu chegar em casa completamente sóbria, porque na cabeça dele (e de todos os irlandeses que eu conheço), sair, dançar e não beber, não existe, mas existe, né? e eu faço isso e adoro.
E faço isso em uma boate gay, porque veja você, se tem uma coisa que gay entende, é de música boa, aliás, de música boa e de perfume, porque nessa boate a gente encontra música boa e gente cheirosa, porque gay é cheiroso, do tipo que passa e deixa um rastro de cheiro bom e a pista de dança não tem cheiro de nhaca européia (que se agrava no verão, como você deve imaginar) e eles se vestem bem e são felizes lá na pista de dança e eu também sou, e quando o pé começa a doer eu me retiro e vou embora, porque não aguento pé doendo, e é só isso que me faz parar de dançar.

E prevendo o futuro, minhas kids se preocuparão, porque logo, logo, vai ser a vez deles e pode anotar, estarei lá, fiscalizando fazendo a comunidade aqui de casa pagar mico, porque é pra isso que serve mãe moderna, não é mesmo ?

Então que em balada irlandesa o banheiro é equipado com maquiagem, desodorante, lenço humidecido e tudo mais que uma pessoa desprecavida pode precisar.
Aqui pode até não ter o cachorro-quente da Tia, ou o tal do “podrão”, mas tem trailler que vende junkie pra fazer a felicidade da galera.
E se você estiver cansada pode entrar num transporte alternativo e desfrutar de um motorista que ao invés de dirigir , pedala, se você for sadomasoquista, vai gostar.
E tem gente que prefere ir de bike.

Já eu, volto de Taxi mesmo (:

.

.
Facebook Comments

32 Comments

  1. Esse trailer ai é novidade pra mim, meu fim de noite era no Supermack, Burguer King da vida hahaha

    =)

  2. Isso ai, balada gay é tudo de bom. Assisti esses dias um episódio das brasileiras, muiiiito legal, sobre uma mãe de adolescente, interpretado pela Glória Pires, que fez isso mesmo que vc citou: foi buscar a filha em uma balada e dançou…hahaha… um mico pra menina. Se quiser ver o link é esse: http://www.youtube.com/watch?v=Vy4cnABrLpc

  3. Ka que máximo!

  4. Que ótimo ir para balada gay! Adorei a idéia (e o perfume) vou chamar as amigas aqui de Amsterdam para ver quem topa, se tiver afim, vem também! 😉

  5. Aqui o povo danca nas boates e ninguem chega em ninguem (a nao ser q vc se jogue nos bracos do seu alvo rs) pra encher a cara so pubs mesmo e tem cachorro quente de rua, só cebola, salsicha e pao seco 🙁

    Fiquei curiosa quando na foto do Chef's diner (nome chique pra barraquinha de podrao) que vc falou que nao era a Tia? A Tia que vc fala é a Maria da Freguesia???

    Beijao!!

  6. Aqui o povo danca nas boates e ninguem chega em ninguem (a nao ser q vc se jogue nos bracos do seu alvo rs) pra encher a cara so pubs mesmo e tem cachorro quente de rua, só cebola, salsicha e pao seco 🙁

    Fiquei curiosa quando na foto do Chef's diner (nome chique pra barraquinha de podrao) que vc falou que nao era a Tia? A Tia que vc fala é a Maria da Freguesia???

    Beijao!!

  7. Ahhhh super concordo, as baladas gays são as melhores!!
    =)

  8. Só na Irlanda né? pq aqui no Brasil… fuééémmmmmm

  9. Ai que invejinha,rsrsrsrs
    Que legal que você se distrai,isso é tão bom,
    Beijos gatona.

  10. ai amiga,
    amei a nossa saida, precisamos combinar mais vezes!
    acabei voltando de taxi mesmo, deu 30 euros, nem achei tao caro.
    vou te encher o saco eternamente ate vc me mandar todas as fotos que tiramos na boatchi!
    bjinhos

  11. Adorei!! Tem quem goste de encher a cara pra curtir a noite , pra mim nada melhor que boa musica e gente Cheirosa e sobria ! Apesar que cada dia que passa fico mais apaixonada pela Irlanda !! 🙂 bjss

  12. O maximo baladinha quando se e mae e pode ter um tempinho assim, afinal precisamos mesmo agora veja eu com barrigao enorme sai pra fazer baladinha e ter que suportar uma galera me olhando e pensando que esta louca ta fazendo aqui, enfim fui mesmo e fiz como vc dancei e voltei pra casa sobria no mesmo na agua tonica apos meu dinner com uma moderada tacinha de vinho… rs ver o povo bebendo e fazendo palhacada e cruel e pior e no outro dia a ressaca moral deles e eu tendo que contar tudo que houve aff… Ana Cristina Brito

  13. Mas nossa, como as coisas são diferentes MESMO. Aqui no Brasil se deixar maquiagem no banheiro levam embora FÁCIL. Sem contar que, onde aqui alguém iria para la balada de bike? Surreal!
    E eu sou meio que nem os irlandeses, gosto de sair para beber. Mas olha, não vejo a hora da Bia crescer e ir para as noitadas, só para eu ir junto com a desculpa de " cuidar dela". haha

    Beijos
    http://www.parabeatriz.com

  14. Nenhuma foto minha Diaba?? Adorei a noite! VAmos repetir em breve 🙂

  15. Ká,
    Acho o máximo você continuar tendo vida social, mesmo sendo mãe. Estou grávida da minha primeira filha e pretendo seguir seu exemplo. Mães felizes criam filhos mais seguros. Li um texto que achei a sua cara, é meio longo, mas vale à pena. O link está no blog pequeno guia prático para mães sem prática (que não é, definitivamente, o seu caso), mas tb colei abaixo. Beijos
    http://bebe.abril.com.br/blogs/confessionario/2012/08/15/a-mae-que-eu-nao-sou-e-a-que-eu-consigo-ser/.

    • Michelle, Muito obrigada pela indicação do texto, achei incrível!
      E pra vc, toda a sorte do mundo nessa nova etapa, ser mãe NÃO é um fardo como muitas pintam por aí, ser mãe é maravilhoso, tanto quanto ser mulher!

      Um beijão em você e na pancinha

  16. Pena que aqui em Letterkenny não tem tudo isso! 🙁
    Me faria ficar um pouco mais perto do Brasil.
    Bjs e adoro ler o seu blog, já faz um ano que eu acompanho.

Deixe uma resposta