Da relação entre as férias e a Faixa de Gaza.

Preciso te contar uma coisa:
Devo estar fazendo algo de muito errado, na maneira de criar meus filhos.
Cresci ouvindo que criança é inocente, bondosa, amorosa e tudo mais de bom que existe nesse mundo e quem estraga somos nós, os adultos.
Se isso for mesmo verdade, estraguei 4.
Não que meus filhos sejam pessoas más. Porque na maioria do tempo, eles não são.
Mas gente, vocês precisam ver a cara de satisfação que eles fazem quando vêem um ao outro em “trouble”.
Acho até que a Chloe gosta mais de me ver chamando a atenção do Breno, do que de chocolate.
E a Chloe gosta de chocolate.
Gosta muito de chocolate.
E a Mia, gente? Que passa o dia me fazendo queixa da Amy? Da Amy, que tem 10 meses!!!
E a Chloe da Mia.
E o Breno da Chloe.
E a Amy de todo mundo, mesmo sem saber falar.

Os olhos dos meus filhos brilham de satisfação, quando um deles vai pro time out.
E não são só os olhos, tem o sorriso de canto de boca também.
Sem disfarce.

Até a cadeira, mesa, porta e brinquedos são vítimas.
Mia adora vir me contar que a cadeira a machucou e adora ainda mais quando eu vou lá brigar com ela, com a cadeira. (gente, eu sou mãe de 4, não dá pra me levar a sério mesmo, né?).

Em todas as férias, a impressão que eu tenho é de estar apta a resolver os conflitos da faixa de gaza.

Talvez seja disso que eles estejam mesmo precisando.
Por que meu Deus, até quando?

Facebook Comments

7 Comments

  1. Ká, eu tenho 25 anos, minha irmã do meio tem 19 e os caçulas (que não gêmeos, mas são filhos do segundo casamento dos meus pais e nasceram no mesmo ano) têm 16 e te digo algo: isso nunca acaba.

  2. Que barato, kkk aqui em casa também é assim, e lha que são só 2 crianças kkkk Beijocas

  3. INSPIRA – RESPIRA – NÃO PIRA! <3

    P.S.: esse texto ficou muito engraçado! me acabei de rir!

  4. Tentei me lembrar de vc e sua irmã qdo pequenas e não consegui descobrir como era essa parte….mas irmãos são meio cumplices…talvez mais tarde…reparei que sobre a satisfação do Breno em relação às meninas vc não falou..acho que é mesmo por aí…depois isso passa e vão ser aliados contra a mãe…hahaha pode apostar…bjs

  5. Hahah! Se vc anda errando, eu também ando. Porque aqui em casa o ciúme é tão grande, a disputa tão ferrenha… que só podem estar e brincadeira! Mas no fim do dia, uma oração da Bia ( de 5 anos) me mostrou que nem tudo está perdido: "Dear Jesus, please take away the jealousy of my heart, please!" Achei tão bonitinho…

  6. É bom demais ter irmão.E sim, crianças gostam de conflitos. E cabe a nós, desenvolver neles como soluciona-los. Hard mission!

  7. Em minha casa vibrávamos, cantávamos as escondidas…
    Ê ê ê… Levou um carão pra comer feijão!
    Meu filho gringo canta assim…
    Ê ê ê levou um carão pra comer… Uma feijoada!!!
    Eu morro de rir, vira gargalhada, depois vira uivo pq acho o máximo as adsptaçoes dele ao portugues longínquo…
    Amo demais seus contos!

Deixe uma resposta