Uncategorized

Bateu asas e voou…

Minha mãe sempre fez questão de me lembrar que desde os 2/3 anos meu “sonho” era ter a chave da porta de casa.
Casei bem nova, é verdade, mas analisando por esse lado até que demorou um pouco bater as asas e voar pra longe.

Hoje cedo levei o Breno, aos 12 anos, para sua primeira viagem solo, quer dizer, solo sem a presença de ninguém da família.

Essa semana ele será imerso na cultura irlandesa e está indo passar 5 dias em um outro estado da Irlanda chamado Donegal, onde em algumas cidades a língua predominante ainda é o irlandês.
Ele está indo com a escola e ficará na casa de uma família local.

Oras, é meio controvérsia pra mim reclamar sua ausência durante tão pouco tempo, já que vivemos separados por um oceano durante mais de 1 ano, mas né? quem disse que as mães fazem sentido?

Só sei que quando estacionei o carro na porta da escola para o início dessa aventura, meu parceiro me deu dois beijos, pegou sua mala e nem olhou pra trás.

Sendo ele aquariano e filho de Karine, com certeza esse será apenas o primeiro de muitos, muitos vôos.

Seria impossível vivenciar isso pela primeira vez e não sentir um pouco mais de amor, gratidão e respeito pelos meus pais, não deve ser fácil viver em paz com as escolhas dos filhos, principalmente quando isso inclui viver tão distante.

Oremos para que o anjo da guarda do Breno seja tão esforçado quanto o meu e que ele saiba que sempre, sempre poderá voltar.

Amém.

“Disciplina é liberdade. Compaixão é fortaleza.Ter coragem é ter bondade”

-Renato Russo

Facebook Comments

Tags

9 Comments

  1. Que delicia, eu lembro que me sonho maior era dividir um ap com amigos, bem estilo 'Friends'. Nunca aconteceu. Haha.

  2. Olha, do anjo da guarda dele eu não sei… mas ele já tem toda a sorte dessa vida por ter uma mãe que quer mais é que ele voe, que o criou para ser responsável por si mesmo e independente, para voar sempre e saber que tem para onde voltar.
    um beijo

  3. Que mãe mais legal é você,rsrsrs eu sou MALUCA, o meu tem 16 anos e eu piro quando ele vai de Brasília à São Paulo, de avião sozinho, mesmo sabendo que o pai vai busca-lo no aeroporto,rsrsrs.
    Parabens. 🙂

  4. Juliana Mauri Ferreira

    Por mais que a gente queira que eles voem, bem lá no fundinho, ficamos com saudade….e queremos eles perto da gente. Já ta um homem!!! beijos gde, sua família é linda|! sou apaixonada pelo teu blog. bjãoooooo

  5. Oi Ká, vc se esqueceu de falar da choradeira e soluços ou não teve????? A sua 1ª viagem sozinha com a colônia de férias do sesc se lembra??? vc era bem novinha e deu td certo, é um aprendizado importante é um treino pra vida…dê notícias da viagem viu???? bjks e fq tranquila já deu td certo.

  6. Que bacana, ele vai curtir muito e vai voltar cheio de saudades da familia.
    Beijos

  7. Ai Ka, que emocao. E que aperto no coracao que nao deve dar. Penso sempre nos meus pais, meu pai principalmente que sempre foi super overprotective, com quem eu sempre fui muito grudada. Nao imaginava que ele fosse me "deixar" partir. E deixou. Ateh hoje ele fala que nao sabe como me deixou vir. Tadinho. Ele me apoia em morar aqui claro, mas o sonho dele eh que a gente va morar la no Brasil um dia. 🙁

  8. Me botei no seu lugar e fiquei emocionada.
    Ele vai voltar pra casa cheio de saudades e historias pra contar. Faz parte do crescimento, né?

    Fica bem xx

  9. E o coração de mãe fica apertaaaado. Ainda não sou mamãe, o mais perto que cheguei deste sentimento foi quando meu irmão começou a sair sozinho, não dormi enquanto ele não chegou em casa…

    Mas o Breno vai voltar cheio de histórias. Vai dar tudo certo.

    Beijão.

Deixe uma resposta