Amélia Moderna.

Amélia Moderna.

Eu sou Amélia, não aquela que “acha bonito não ter o que comer, ou não tem nenhuma vaidade”.
Mas sou, das modernas.
Antes do rosinha levantar da cama, eu levanto e me arrumo.Isso mesmo, escovo os dentes penteio o cabelo, disfarço as olheiras, separo as meias ,a cueca , a camisa(que a lavanderia passou) e escolho a gravata, pra quando ele sair do banho já estar tudo prontinho.

Quando ele sai do trabalhoo, ele liga pra dizer que já está saindo, aí eu começo a fazer o jantar, enquanto as panelas estão no fogo , eu subo, tomo banho ,enfeito a casa com flores e ele sempre me encontra cheirosa e arrumada.

Na hora de dormir  o pijama dele está em cima da cama  e até a pasta de dente eu coloco na escova.

Tem muita feminista por aí que me jogaria na fogueira ou colocaria meu nome na boca do sapo, tô nem aí.
Já que eu sou housewife, que eu seja  melhor delas mas sem deixar de ser mulher, aliás, não consigo entender porque a maioria das mulheres ficam desleixadas depois que estão em um relacionamento estável.

Imagina, rosinha passa o dia rodeado de mulheres maquiadas, bonitas e arrumadas, aí, ele chega em casa e me encontra de bananas de pijama, descabelada, nervosa e fedendo a alho. Pra mim não rola.
Moramos juntos, temos intimidade, mas o que faz uma relação especial e duradoura são esses pequenos detalhes, que não custam nada, mas que fazem toda a diferença.
E as feministas que me perdoem, se mimar o n(amor)ado faz mal a saúde, eu sou doente patológica.
Pausa pra fotinho Antes de sair para minha Hen Party, pessoas, só pra constar: Tequila não é de Deus !
P.s.2: Ele tá com uma cara de quem não tem muita certeza se me deixa ir ou não, né? hahahaha
Facebook Comments

19 Comments

  1. Sei lá, eu acho que cada um na sua! Eu sou meia amélia. Acho importante que cada casal ache seu estilo e viva bem com ele. Afinal, pra relacionamento nao existe certo ou errado e sim compatível e incompatível.
    E,um brinde à felicidade!!

  2. Heey,

    isso é verdade!
    Se arrumar um pouco não custa nada!
    O ruim é quando a mulher vive pra servir o marido, mas pelo que li, você tem tempo pra se cuidar!!

    =)

  3. Ai nao Ka! Nao escreve esse tipo de coisa! Se o Leo ler isso, vai confirmar que estou deixando muito a desejar. Acho que nao sou muito Amelia nao…

  4. Isso mesmo ká cuide da sua relação essa é a mais importante e melhor parte da vida..a família..e principalmente quando se é valorizada. continue assim. bjs

  5. Ta certa, Ka! Temos que nos cuidar mesmo! Beijos

  6. Menina, que dedicacao! Parabens!

    Eu sou feminista, me arrumo, sou cheirosa tb e todo dia meu amor me elogia.

    Ser feminista nao tem nada a ver com falta de vaidade, Ka. O feminismo verdadeiro é a luta pelo fim da violencia contra a mulher, a luta pela igualdade de salario para homens e mulheres exercendo a mesma funcao. O feminismo é a batalha pra que quando a mulher trabalhe fora, o homem a ajude, pra evitar que só a mulher fique sobrecarregada com dupla, tripla jornada.

    O feminismo é o clamor para que as mulheres tenham valor desvinculado de "objeto sexual".

    Bjo

  7. Ai Karine, confesso que te admiro. Eu já sou do tipo que penso que não tenho filho de 39 anos e que as tarefas domésticas devem ser divididas. Principalmente porque não tenho saco para cuidar de uma casa sozinha (ainda que a "casa" tenha 50m2). Eu mal consigo arrumar o meu lado do armário (e acho um saco fazer isso) como vou arrumar as coisas alheias? Beijos! 🙂

  8. gente, que bonitinho vc fazer isso todos os dias! Sério mesmo.

    todo amor do mundo pra vcs :*

  9. Então Ana Flávia, quando eu falo sobre feminismo me refiro ao fato de eu cuidar dele com esses mimos que muita mulher por aí faz, mas tem vergonha de admitir, ou não gosta mesmo, como disseram aí em cima, cada um encontra uma maneira de ser feliz, eu aos poucos estou encontrando a minha ! 🙂

  10. Nao ta afim de contar detalhes da sua aventura com o papel de parede nao? Fiquei super curiosa para saber o que vc aprontou??? Voce achou a cola especial aí na irlanda? Pesquisei na net especialmente para vc e vi que eles vendem aí tb!

    Ahhhhh conta!!!!!!

    bjs

  11. Nossa Ká, adorei seu texto. O melhor foi que me encontrei nele.Eu também sou uma "Amélia" moderna e não tenho vergonha disso não, alias me sinto até poderosa demais por isso. Afinal eu cuido da minha filha, do meu marido, da minha casa… cuido com muito orgulho da minha familia. E só de pensar que eu sou a estrutura disso tudo, eu me sinto forte demais..

    Sua foto está linda. Rosinha nem deve ter dormido direito, hahaha

    Beijo beijo

  12. Acho muito legal isto…para mim não é feminismo, é amor mesmo. Porque quando a gente ama de verdade sente prazer em cuidar. Bjos

  13. Se não fossemos ambos casados – e felizes em nossos respectivos – te pediria em casamento só por este post. 🙂 Just kidding.
    Agora, falando sério, concordo plenamente com vc. Casados e íntimos, ok. Mas nada de desleixo de nenhuma das partes. Tanto o marido como a mulher tem que se cuidar, acho bacana esse tipo de zelo com a relação. Felicidades para vc e o Rosinha.

  14. Ah, Karine, já que vc falou em Amélias Modernas, aproveitei o gancho para republicar no http://www.leandrowirz.blogspot.com um poema no qual tb uso essa expressão. Chama-se "Nada original". Confere lá!

  15. Oi Karine!

    Confesso que fiquei com invejinha da sua dedicação! Eu sempre quis ser uma esposa dedicada com essas coisinhas, mas não sou! Hoje me apoio no fato de não ter tempo…mas acho que mesmo se tivesse, hahaha!
    Eu juro que eu vou mudar!!!

  16. Karine,

    vc está certíssima!Não podemos nos descuidar e nem descuidar do relacionamento. Quando o tempo passa, é fácil ficar desleixada até emocionadamente: não reconhecer o que o love fez, elogiar,ouvir,ser compreensiva, dizer thank you entre outras coisinhas :)! Continue sempre assim que o rosinha ainda vai se gabar muito de vc para os amigos :)!!!!

    Bjos :)!

  17. Karine, aqui é o Mateus da Karla. Olha, parabéns pela dedicação! Tratamento melhor que esse só o que eu recebo da minha sogra. Uh, nem te conto.

  18. Venho lendo seu blog a apenas umas semanas e cheguei lá de uma comunidade do Orkut e concordo com tudo o que vc falou nesse post mas tenho um comentário a fazer:

    Pode ficar de pijama, descabelada e cheirando a alho que vc é linda e com esse rostinho de modelo da Victoria Secrets eu tenho CERTEZA que não será trocada por Irlandesa nenhuma.

    Mas nada como um perfuminho e maquiagem é tudo 🙂

  19. Que tal montar uma escolinha?? É muita sabedoria no assunto! Vc precisa dividir isso com as mulheres do mundo. Peraí que vou organizar o fã-clube…

Deixe uma resposta