99 days of freedom.

99 days of freedom.

Eu nunca tive nenhum vício.
Não bebo, não fumo e não uso drogas.
E decidi que aos 35 anos quero me manter assim, limpa.
Limpa de tudo que me tira o foco das coisas que importam.
E ultimamente percebi que o meu tempo gasto na internet está aumentando cada vez mais.
Entre sites de notícias irlandesas e brasileiras, instagram , emails, blog e o vilão principal, o Facebook.

Não me entenda mal, o azulzinho me dá muitas alegrias.
Vibro com as conquistas ali compartilhadas, amo ver as fotos dos filhos de amigas e confesso que pouca coisa ali me incomoda, diferente de muita gente, O único problema é que eu entro pra ver minha timeline e daqui a pouco tô dando a minha opinião sobre a última música que foi lançada no casaquistão. Perco o foco e consequentemente, perco tempo.

Então, decidi participar de um desafio.
99daysoffreedom ou no bom e claro português “99 dias de liberdade”.

Como eu tenho a página do Ká.Entre.Nós, e o Facebook e o blog são conectados, sempre que postar um post novo por aqui o Facebook da página vai atualizar e também já tinha posts agendados, ou seja, acho que não vai virar uma página fantasma.

Esse desafio veio em uma ótima hora, já que as kids estão de férias e precisando da minha atenção, especialmente a Amy que tá desesperada (tipo, louca,pirada,se jogando) para andar.

Eu honestamente não sei se conseguirei os 99 dias, também não sei se preciso de tanto tempo assim pra aprender a viver sem.
Estou curiosa pra re-viver a vida como ela era antes do Facebook.
A intenção é um dia de cada vez.
E o retorno gradual.

O lado bom é que terei muito mais tempo para escrever, ler, namorar e veja você, dormir! Que foi o que eu fiz hoje a tarde enquanto as kids tiraram um cochilo.

Deseje-me sorte, tenho muitos planos para esses dias de liberdade!

Se você quiser participar ou saber mais sobre essa campanha, visite o site (http://99daysoffreedom.com/) e cometa o Facebuquicídio temporário.

P.s.: Nesse período (e na verdade em todos os outros ha ha ha), estou aceitando convites para café, aniversário, casamento, balada e até caminhada.

Sobreviverei, você vai ver 🙂

Facebook Comments

4 Comments

  1. Sobrevivera e vivera mais feliz!
    Eu tenho tentado me afastar do meu telefone pq se deixar passo os minutos livres dividida entre facebook e whatsapp.

    Boa sorte, Ka!! xx

  2. Vixe Maria Ká… 🙂 Te desejo sorte. Mas olha, ano passado eu fechei o blog por 4 meses lembra? E comigo, foi ótimo! Eu nao sou tanto FB, sou mais blog mesmo! 🙂 Beijos e boas férias!

  3. Oi Kå! Fiz o mesmo durante a quaresma, e foi nesse período que conheci o seu blog e muitos outros, que hoje trazem mais conteúdo pras minhas visitas à internet e me acabei decidindo ter o meu blog tb, dá uma olhada: http://lauraloiramarinamorena.blogspot.ch/2014/06/bloggar-e-pra-mim.html Fora que voltei a ter mais tempo pra fazer coisas de que tanto gosto – desde que a quaresma terminou eu me policio em relação ao tempo que uso o FB e tb sempre me pergunto o que eu poderia estar fazendo com as crias ao invés de ficar olhando pra telinha. O negócio é conseguir equilibrar tudo. Bjim!

  4. Às vezes (quase sempre) eu acho que passo tempo demais no facebook, mas não sei se conseguiria ficar acessar por tanto tempo. Já me propus a ficar só 1 hora por dia e tal e até que funcionou por um tempo. Acho que eu teria que ir aos poucos. Boa sorte! 🙂

Deixe uma resposta