Na Embaixada.

Oi, tudo bem? Eu vim aqui tirar meu passaporte com nome de casada.
– Como assim?
É que eu perdi meu passaporte e já que eu vou fazer outro, quero trocar e já colocar o nome de casada.
– Mas tem certeza? Porque quando você se separar vai ter que fazer todos os seus documentos de novo, dá o maior trabalho, você sabe disso, né?
É, disso eu sei, só não sabia que eu vou me separar.

.
.
.
.
.
Porque otimismo, bebê, é coisa do passado.
Ou será que ela tem informações sobre a minha vida conjugal que eu não tenho?
Rosinha, tô de olho, hein?
.

Facebook Comments

24 Comments

  1. Miller Manteiga.

    Hahahaha, ele já leu esse post?
    Ai você é demais.. mas também, que mulherzinha abusada, oras, se você quer colocar seu nome de casada, o que tem? Abusada!!!
    Abre o olho Ka, hahahaha.
    Beijo 🙂

  2. Ai, serio? Eu, heim? Casamento nao eh mais algo serio na visao de certas pessoas, rs. Eu teria caido na gargalhada ali mesmo.

    bjos

  3. HAHHAHAHA essa foi ótima!

    bj

  4. Eu hein,kkkkkk
    Coisa de louco.
    Beijos.

  5. hahahah, loucura To com a Lu nessa. Hoje em dia os valores se inverteram neh… o povo trata casamento como uma coisa banal, como algo que esta na moda, que quando enjoarmos e a nova moda entrar vamos trocar… ai meu Deus!!! haha

  6. Ká abre teu olho!!!!!!!! será que ela é vidente????? Saí pra lá olho gordo!!!!!!!!!! srsrsrsrsrs

  7. Cristiane Fitzgerald

    Oi, Ká premeira vez aqui comentando. Menina como c conseguiu colocar o passaporte no nome de casada?
    Sabe, Eu fui na embaixada e a guria me disse que eu teria que registrar meu casamento na embaixada, que seria casar aqui. Tinha que marca dia e hora com consul.Casaste no Brasil?
    beijoss, um xero. Show de vida seu blog! tudo lindo.

  8. Oi Cristiane,
    Obrigada pelo comentário.
    Na verdade eu me casei aqui na Irlanda e tive que registrar meu casamento na embaixada mesmo, o registro sai em um dia, no meu caso, só foi preencher um formulário,seu marido precisa estar presente para assinar, achei que fosse até mais fácil quando o casamento era no Brasil.
    Deis entrada no passaporte com o nome de casada depois que o registro de casamento ficou pronto e peguei meu passaporte essa semana, depois de 5 dias utéis, até que eles são bem rápidos!
    Boa sorte.

  9. Ai ai ai certas coisas só acontecem com vc hehehe

    Acho ótimo, porque assim o blog fica cheio de histórias doidas e divertidas!!

    Beijao

  10. Ju, certeza que acontece com todo mundo, a diferença é que eu escrevo sobre, né? hahahaha

    beijo

  11. Se vc tivesse se casado aaqui em Malta seria ao contrario, a mulher quase me forcou a usar o nome do meu marido, ja que ate entao aqui nao existia divorcio e depois de muita campanha e brigas o divorcio foi aprovado esse ano!!!…rs

    Mas eh que muita gente esta acostumada com casamento descartavel e acha que eh um pensamento geral…rs
    Bjs

  12. Afff, essa ai eh uma daquelas pessoas bem pessimistas que cruzam pelo nosso caminho….

  13. Então, eu nem levei tão a mal não, só achei engraçada a colocação dela, deve ser porque estou me acostumando com o jeito europeu de pensar e não falar, diferente do brasileiro que é falar sem pensar…hahahahha

  14. Hahahahahaha. Oh comedia! Esse povo sem nocao, da pra escrever um blog so sobre essas mazelas 🙂

  15. ah, devia ter chamado a fofa pra ser sua madrinha de casamento. energia positiva assim a gente quer por perto!!!!

  16. Então, o problema foi a falta de otimismo.
    Engraçado que o índice de divórcios entre os irishs é baixa, depois fiquei pensando se tem muita brasileira casada com europeu que se separa, porque o comentário tem que ter algum fundamento, né?
    Mas convenhamos que se eu me separasse do rosinha, trocar os documentos seria o menor dos problemas! hahahahaha

    Separo não, nunquinha, meu casamento é pra sempre, bate na madeira isola!

  17. Sempre tem alguém para dizer o que precisa quando ninguém pediu!!! hahaha

  18. E o número da megasena, será que ela também pode prever???

  19. Achei que fosse só comigo. Recebi váááááários conselhos para NÃO tirar o passaporte com o nome de casada por causa do trabalho & da grana que seria para homologar o meu divórcio no Brasil. Sério mesmo que muitas brasileiras vieram me contar histórias dramáticas cheias de tragédias que poderiam acontecer comigo! Really?

  20. Vou te contar, hein!!!Nem a embaixada a pessoa escapa de escutar esses tipos de comentário! Nossa, que coisa!!!

    Ela joga búzio tb? rs!!!sabe o que vai dar no jogo do bicho? lol!

    Bjos

  21. hahaha faz tempo q eu nao passo por aki, mas rachei o bico do post debaixo ja que eu concordo com vc 1000% e como tudo sozinha tb e tb curti esse post da embaixada hahaha, tb me falaram algo do tipo qdo eu perguntei eu perguntei se tinha q fazer matricula mesmo falaram que alem de precisar porque senao eles nao podem fazer algum documento q eu preciso, se brasileiro tiver algum problema a embaixada esta ai pra isso. Dai eu disse que tinha problema financeiro se a embaixada poderia fazer uma doacao pra eu fazer umas comprinhas, claro ja falei zoando. A menina toda seria virou e ainda respondeu durante 20 minutos que a embaixada nao ajudava custos, dai eu dei risada e falei mas eu tava brincando. Ela nao gostou mtu nao haha.bjusss

  22. Sinceramente, acho que o povo que trabalha na Embaixada deveria fazer exame psicotecnico antes de conseguir a vaga. Fala serio?! Indelicado horroooores, eita comentario desnecessario.

    Me lembro quando fui la, toda empolgada, pra solicitar a transferencia do meu titulo de eleitor. A mocinha disse que eu nao fazia a MENOR ideia do quanto complicado eh se eu resolvesse voltar pro Brasil e ter que transferir meu titulo de volta. Botou tanto pano contra que eu me irritei e fui embora!

    Parabens pela persistencia e pelo novo passaporte ;D

  23. kkk
    Que absurdo!
    Essa sem dúvidas é uma pessoa que parou de acreditar no amor.

  24. Certa vez eu estava aguardando minha vez para ser atendida na policia federal, aqui no Brasil, justamente para renovar meu passaporte e presenciei uma situação dessas bem desagradáveis também. A mulher estava tentando tirar o passaporte do filho dela, e não conseguia, pois na certidão de nascimento do garoto, o nome dela estava com o sobrenome do primeiro marido, e nos documentos atuais dela, com o sobrenome do segundo marido. Com isso, ela não conseguia provar que era a mãe dele. Pode uma coisa dessas? A atendente chamou o delegado( ou coronel, ou sei lá o que) para ajudar, e o cara teve a petulância de dizer a esta mulher, que mulher é muito burra mesmo, que mania é essa de mudar o nome quando casa, e que a esposa dele ele nao deixou mudar e blábláblá… E como você disse, aqui no Brasil as pessoas falam sem pensar!

Deixe uma resposta