Keogh's Legoland

Keogh's Legoland


Quem nunca pisou em uma pecinha de LEGO não sabe o que é dor.
E eu venho convivendo com essa dor faz mais de 12 anos.
Breno adorava.
Chloe Adora. 
Mia adorinha.
Amy adorará. 
Eu detesto.

Sei que é super educativo, sei que é estimulante, sei que atiça a criatividade das kids e blá blá blá.
Mas não vou com a cara, ou com o pé dessas peças coloridas e irritantes.
Acho até que deveria ser proibido dar lego de presente para kids alheias. (só uma dica, tá?)
Então, resolvi o problema e para não ver isso espalhado pela casa inteira, elas só podem brincar no quarto, da escada para baixo é proibido.
E eles brincam, por horas e horas, e brigam também.
Brigam pela peça azul, pela peça amarela, verde e brigam até pela peça rosa (que é o pai).
Mas acho que a diversão ainda é maior que a aporrinhação.
Coisa da infância…
E enquanto Rosinha tá lá fiscalizando, eu tô fazendo o almoço.
E ó antes que eu me esqueça, quem deu todo esse LEGO para eles fui eu, afinal, se contradizer faz parte dessa coisa toda chamada maternidade, né?
Sim, Rosinha que tá ali embaixo.
Facebook Comments

3 Comments

  1. E que almoço! 😉

  2. Ai que dia feliz!!!!! Não tem preço esse clima de vida e felicidade em família…curtam bastante que passa tão rápido….

  3. Delicia de familia, delicia de papa!!!! Aqui noBrasellllll lego ta uma fortuna! Aproveita e se joga!!!! Bjs lindona

Deixe uma resposta