Ei, Tem Alguém aí ?

É engraçado ver que um caso de disputa de  Paternidade tenha ganho tanta simpatia da opinião pública, o mais curioso ainda é ver que a maioria das pessoas que simpatizam com o tal do David são mulheres, mas isso não me surpreende.

Eu tenho filho com um estrangeiro e essa é uma das decissões mais dificeis de se tomar, simplesmente porque se houver uma separação a mãe tem 2 opções : Abrir mão da guarda da criança e voltar para o Brasil ou Morar para sempre no mesmo país que o Pai mora, ou seja, a lei nem sempre favorece a mulher, por isso eu entendo o comportamento da mãe do Menino Sean embora saiba que não tenha sido uma atitude Legal.
Acho simplesmente que é muito fácil dizer que ela deveria ter resolvido as coisas da maneira correta, o problema é que para a Lei a maneira correta seria abrir mão do filho , do país dela ou desistindo da separação.

Eu sei que estou nadando contra a corrente.

Esse pai que vendia canecas e camisetas com a foto do filho para arrecadar dinheiro, que levou o filho para NJ em um avião fretado por uma emissora de televisão Americana , que fez com que o filho virasse mercadoria em acordos políticos, já conquistou( com aquela carinha de menor abandonado e de melhor homem do mundo) a simpatia de muita gente , pena que essas pessoas que falam tanto em Lei esquecem que esse padrasto e a avó lutaram até o fim para assumir uma responsabilidade enorme de criar uma criança por amor, é bem verdade que eu não tenho como dizer que o Pai biológico não amava o filho até acho que o ama, mas uma criança precisa mais do que isso.

Acho que muita água ainda vai rolar e com certeza em 2010 como motivo de arrecadar mais dinheiro o senhor David lançará um livro contando sua Incrível História e expondo o menino mais um pouquinho, aliás, a última notícia é de que ele pretende entrar com um pedido de ressarcimento a família brasileira de 500 mil Dólares, seu suposto gasto com o processo, bem, eu particularmente acho que Se o Amor dele fosse taõ imenso assim ficar com o menino bastaria…masssssss o tempo mostra sempre quem é quem e pelo jeito não vai demorar muito nesse caso…

Que Deus Proteja o Sean…

Facebook Comments

One Comment

  1. Oi Karine,

    soh um detalhe no caso do Sean.
    A mãe dele que era brasileira faleceu.
    Portanto a legislação de qualquer lugar do mundo exige que a criança fique com o pai, e não com os avós como estava acontecendo após a morte dela.
    Para ficar com avós somente se ambos os pais falecessem.

Deixe uma resposta