Deixa ser, pelo coração, se é loucura então…

Pounding Heart Royalty Free Stock Vector Art Illustration

O Rosinha acha muito legal ver um brasileiro cantando em inglês com a pronúncia quase perfeita, sem na maioria das vezes, estar entendendo uma palavra do que sai da própria boca.

É claro que ele fica se comparando e achando que tem probleminha por não conseguir reproduzir da mesma forma a nossa música e pergunta a cada palavra o que ela significa, o problema é que ás vezes nem eu faço a mínima idéia, por exemplo, alguém aí arriscaria a tradução de Djavan:


A paixão puro afã/Místico clã de sereia/Castelo de areia/Ira de turbarão, ilusão/O sol brilha por si.
Açaí, guardiã/Zum de besouro um imã/Branca é a tez da manhã.


Tem mais Mpb….

“Vaca profana, põe teus cornos/Pra fora e acima da manada/Vaca profana, põe teus cornos
Pra fora e acima da man…/Ê, ê, ê, ê, ê”

continua…


“Dona das divinas tetas/Derrama o leite bom na minha cara/E o leite mau na cara dos caretas”

O que o Caê estava pensando da vida quando compôs isso? ou melhor, o que ele usou quando fez essa música?
Licença poética deveria ter limite! (ou não?)

Agora eu te digo, se isso caísse na prova de interpretação de texto do ENEM, nem comprando gabarito o cara se garantia.

Por essas e outras, estou dando preferência as músicas menos sofisticadas que no máximo rimam coração com paixão, porque  aí meu irmão, facilita a tradução….não sou boba não e ainda me poupa um trabalhão…

.

Facebook Comments

17 Comments

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Ká não imagina o quando dei risada, me lembrei de uma música da Magareth Menezes:

    "Bem pertinho da entrada do gueto
    Um terreiro de Angola e Ketu
    Mãe maiamba que comanda o centro
    Dona Oxúm dançando Oxóssi no tempo
    Lá em cima no tamarineiro…
    Seu zumbi é santo sim que eu sei
    Caxixi, agdavi, capoeira…"
    E o melhor é o nome da música Dandalunda
    .
    AMO seu blog Ká.

  2. É verdade, nunca vi ninguém fazer o contrário com nossas músicas!

    E a traduação… bom, é melhor mandar ele fazer no google translation mesmo!

    bjos

  3. Ótimo post! Estou rindo sozinha aqui, haja criatividade para estas letras…

    Pois é Ká, algumas "coisinhas" ainda me impedem de fazer um intercâmbio, mas com certeza ainda está nos meus planos! bjs

    http://www.relicario-fashion.blogspot.com

  4. Muito boa!! Adorei!! Pensei nisso recentemente. Às vezes sofro rpa entender a música em inglês, ma o memso ocorre ocm o português. hehe Beijos

  5. Djavan é INTRADUZÍVEL. Nem a 'língua' dele para no próprio português conseguimos explicar!!
    Pava evitar esses conflitos lingüísticos eu me limito a ouvir música brasileira quando estou sozinha rá 🙂

  6. Oi Ka!

    Concordo com a Bruna, Djavan é ooooutro nível de compreensão, a sonoridade da língua portuguesa é tão diversificada que as mais diversas combinações podem ser criadas…e elas na maioria das vezes elas não são lá muito literais, não é mesmo?

    Beijos!

  7. Djavan nao faz sentido nem pra brasileiro, tadinho do Rosinha se for tentar entender..

    Esta semana mesmo peguei minha amiga cantando "Acai, hortela…"

    Pensou que era receita de suco certeza heheh

  8. hahahaha. Aqui em casa tenho o mesmo problema, meu marido quer que eu traduza as musicas e as vezes dou uma enrolada, pq nem eu sei.

    Mas é muito engraçado escutar ele cantando em portugues, musicas que ele ja conhecia antes de mim. Alem do sotaque ser uma gracinha ele erra umas coisas engraçadas tipo: esquecer, ele fala esquercer …

    e ai fica chateado pq eu dou risada ao inves de ensinar ele a falar direito. Mas me empenharei mais na tarefa.

    beijos

  9. hahahahahahha
    e vc tb seria uma boa compositora, tá vendo???
    e depois ainda chamam o cara de artista, deve ser por isso, por conseguir fazer a gente cantar essas coisas. hahahaha

    Bjs!

  10. Ai ai tadinho do Rosinha!!

    Aprender portugues como segunda/terceira lingua deve ser mega dificil…

    A gente deve ter mais umas milhares de musicas com trechos intraduziveis hehehe

    Adorei o ultimo paragrafo do post!! Aposto que ele vai conseguir entender 🙂

  11. Oi Ká hhahah adorei esse post…muito legal…daqui a pouco vc será compositora..hahaha bjs

  12. G-zuis!! Ainda bem que meu marido fala portugues hihihihi…

  13. Oi Karine,

    Fiquei imaginando como vc traduziria vaca profana! hahahaahhaha sério, morri de rir.

  14. Hahaha! Me fez lembrar das aulas de literatura na faculdade, quando os professores nos davam aqueles poemas sem pé nem cabeça e tínhamos que estudá-los e apresentá-los pra turma inteira, era cada viagem, hahaha!
    Eu também cantarolava as músicas em inglês desde criança, e até hoje canto algumas músicas de forma errada, de tanto que cantei antigamente, rs.
    Mas esses pedidos de tradução também me matam às vezes, rs. Quando t6o sem paciência peço pra procurar no google, tadinho.
    Beijos!

  15. Não deve ser moleza…Tem certas coisas sobre certas músicas que eu pergunto ao grings e ele tb não sabe responder..Daí ele mesmo diz que não faz sentido, daí respondo, mas está na letra..

    A desculpa dele: desde qdo cantores escrevem direito?

    Não me aguento :P!!!!

  16. Coitadinho do maridão! kkk

    Imaginei agora a carinha dele de: "HUM????" depois de uma tentativa de explicação de uma letra dessas!! kkkkk

    Hilário!
    Bjs!

  17. Vocês que não tem marido de outro planeta não sabem o que eu passo! hahjahja

Deixe uma resposta