Sem Emoção, por favor.

Sem Emoção, por favor.

Seriously.

Faz uns 7 anos, eu fui a Natal e em uma das atrações nas dunas o cara me perguntou enquanto eu sentava em um banquinho que me levaria para o outro lado :

-Com emoção, ou sem emoção?

É claro que eu, menina exxxperta pedi com MUITA emoção, depois disso, não me lembro exatamente como, mas cheguei do outro lado, meio torta,meio tonta, meio dormente e muito ‘emocionada’.

Foi daí que resolvi parar com essas coisas de aventura.

Até resolver casar com um irlandês e o melhor de tudo, na Irlanda.

Isso é emoção que não acaba nunca, alem da burocracia, traduções juramentadas, problemas de datas, dificuldades de contato com alguns fornecedores, a última novidade é que a gente que tem que fazer a missa , tipo, a gente que escolhe a primeira leitura, a segunda leitura, como serão os votos, o tempo de duração, o que será em inglês, o que será em português e inclusive imprime as folhas que os convidados acompanharão a cerimônia.
 
Tirando isso, os homens (best man, groosman, pai da noiva, do noivo e no meu caso o Breno também) se vestem igual, par de jarra mesmo e quem paga somos nós, assim como a roupa das madrinhas que também são iguais.Etalêlê, mas a questão não é o din din, como fazer para o meu pai que está no Brasil experimentar a roupa dele ? e como escolher um vestido e uma cor que fique bem em duas bridsmaids com tipo físico tão diferentes ? #maracujina.
 
Rsvp também não funciona com brasileiro. Tá lá no convite: ” por favor, confirmar presença até dia 8 de maio” e até agora não recebi nenhum email de amigos brasileiros me informando ao certo se vem ou não  (indireta mode on)enquanto isso fico enrolada tentando responder os montes de cartões de agradecimentos do lado irlandês.
 
E na lista de extra estresse ainda  aparece esse vulcão pra acabar comigo !
 
Será que ele sossega até lá?
 
Acho que o cara de Natal (o do ‘com emoção ou sem emoção’) continua exercendo influência na minha vida, mas agora que sou (quase) casada , minha preferência é sombra e água fresca (cêjura,né?), que aliás, tô trocando por uma taça de vinho, só para relaxar…

Facebook Comments

17 Comments

  1. por isso que meu casamento foi tao pratico! o que da trabalho mesmo sao os convidados, diz ai!!

  2. Ká, sempre sonhei em me casar na Europa ou nos EUa, pq acho o MÁXIMO aqueles casamentos tão personalizados (como vai ser o seu) e com damas de honra/madrinha (pelo que entendo são as mesmas coisas). Ai, estou amando seu casamento, mas ainda não recebi meu convite… manda logo para eu marcar a passagem. E marca o bloguencontro em data próxima, assim não tenho que ir duas vezes à Irlanda!!!! Bejokas, cunhadita!

  3. Eita, depois de ler seu post vou pensar duas vezes antes de conhecer um irlandes hahahaha
    muito complexo 🙁

    Boa sorte com tudo e que o vulcão sossegue!

    Beijos

  4. Hehehe…só posso te desejar boa sorte! 🙂
    Ainda falta muito pro casamento?

  5. huauhahuahuhauhua
    Casamento é trabalho dobrado antes e triplicado depois. Boa sorte nas duas fases, querida. bjo

  6. A analogia com o buggy que vc andou em Natal foi ótima e "lisérgica", provavelmente culpa do vinho que vc bebeu, rs! Boa sorte com tudo aí, falando nisso, vc já tem os convites pro casamento? A Karen(minha esposa) faz convites de casamento, sem querer puxar, mas ela fez os nossos e tem um gosto ótimo = http://www.karenmadsen.com. Quanto a cerveja vou falar no próx, pois ainda preciso fazer a análise do percentual de alcool e o meu sogro vai ajudar com isso, beijos

  7. Já vi que casar na Irlanda dá trabalho…e pior não tem ninguém pra ajudar…o mais complicado tb acho que são as roupas do pai/padrinho/..etc..etc…bjs daqui a pouco td vai passar e aí é só curtir….bjs

  8. Ai a burocracia eh o pior… Eu quase desisti com as informacoes desencontradas entre o cartorio no brasil e a embaixada em dublin.
    Ja que estamos dentro do assunto, respondendo sua pergunta, sim, eu adorei as fotos do casamento.
    E se vc tiver a chance pede para algum convidado filmar sim. Como eu disse, tem coisas que vc nem percebe no dia. Passa tao rapido.

    beijos
    N.

  9. Querida Karine, sei bem do que voce esta falando… passei por tudo isto recentemente. O vulcao tambem me tirou o sono, mas ele deu uma forcinha e parou justamente nos dias que fui pro Brasil e quando voltei pra Dublin.
    A familia de Michael foi toda comigo, entao imagine so a minha cabeca…rsrsr… todos em minha casa…virou uma festa bilingue durante 1 semana.
    Cheguei ontem, com energias renovadas…meu casamento foi maravilhoso (uma mistura das tradicoes irlandesas com as do Brasil.
    Vou viajar hoje para Bundoran, visitar a familia de meu marido…acho que a festa ira continuar por aqui…rsrsrsrs… Depois colocarei fotos pra compartilhar com vcs este momento magico.
    Embora com todos os contratempos, curta este momento porque e uma emocao inesquecivel. Desejo muita felicidade pra vcs. Eu tenho certeza que seu casamento sera fantastico, pelo seu bom gosto e sua felicidade interior.
    Conversaremos em breve…saudades, bjs e fique com os anjos. Obrigada sempre pelo carinho. CONGRATULATIONS

  10. Minha gente ! O que que é esse monte de brasileira casada com Oirish nos meus comentários ??? hahahaha

    Como diz um amigo do rosinha, daqui a 5 anos as brasileiras vão dominar Dublin !

    Minhas duas Bridsmaids são casadas com irlandeses, bem, uma é, a outra será !

    Já estou pensando nas próximas eleições me candidatar ou apoiar alguma brasileira para deputada por aqui ! hehehehe

  11. Ta me lembrando do meu casamento no Brasil. O problema nao foi a diferenca de cultura, mas sim organizar um casamento estando na Alemanha. Fui para o Brasil duas semanas antes do casamento, e um dia antes do mesmo, chegou aquela cambada de alemao lá em casa! rs…

    Foi cheio de falhas, mas foi perfeito para mim!

    Dá trabalho, mas é tao bom! Ja disse para o meu marido que quero casar de novo! rs… Fazer que nem a Heidi Klum, que renova o casamento todo ano no México! (menos Cinthia, é para quem pode…)

    bjs

  12. Oi Kaestoueu,
    è sempre bom se aventurar um pouco na vida,mas tomando os devidos cuidados
    Um grande abraço amiga.

  13. Oie Karine,

    eu fiz um casamento simples e deu trabalho, teve meus estresses tb, porém quando tudo isso passar e seu dia chegar, vc vai estar tão feliz e vai poder olhar pra trás e ver que tudo valeu a pena.Acredito que falta pouco :)!

    Bjos! Votei no seu blog :)!

  14. Porque vc excluiu a postagem sobre a lambada? hehehe

    Eu ia perguntar se saber quem é Beto Barbosa já servia…

    "Adocida, meu amor, a minha vida…"

  15. Perguntinha básica: vc usa o anel na mão direita ou na esquerda?

  16. Gata garota, o de noivado na mão esquerda. É que na direita também tenho um anel, mas não tem nada a fazer com o rosinha!

    beijocas

  17. Gata-garotaaaaa, vc será minha assessora qnd eu casar aí! Tô c/essas MESMÍSSIMAS noias!
    Olha, qto às roupas de madrinhas e padrinhos, eu tb tô vendo que terei problemas desse mesmop tipo, além do dinheiro que, no meu caso, é problema sim! Hehehe
    Já tive até que dar fora em amygues que queriam escolher POR MIM a cor dos vestidos que, por sinal, nem fiz e nem faço questão de serem os mesmos modelos. Fora do tipo: qnd vc casar, vc escolhe a cor de tudo, meu bem! Como nesse caso, o casamento é MEU, quem escolhe sou EU! Sim, *mais curta e grossa impossível! Hehehe
    Tô vendo que tem muuuito estresse pela frente… Argh!

Deixe uma resposta