Uncategorized

Que nem tatuagem.

Eu não me lembro porque eu decidi estudar na Irlanda.
Eu queria estudar inglês, mas não sei porque ao invés dos States, do Canadá ou Austrália, eu escolhi Dublin.
Mas sei, que a muito tempo atrás, desde que li Brida (sim, do Paulo Coelho, não me julguem) a Irlanda me chamou atenção, o lugar como foi descrito por ele me seduziu, pela cultura celta, pelas mulheres, homens, lendas, mas na época que li ( na adolescência) não me passava pela cabeça estudar fora, até porque naquele tempo, intercâmbio estaria fora do orçamento dos meus pais (e das asas da minha mãe).

Eu cresci e livros continuaram fazendo parte da minha vida, acho difícil alguém gostar de escrever não gostar de ler.
Mesmo com 4 filhos, leio pelo menos 1 por mês (e no máximo 2) é que além das viagens físicas (que eu amo), as estórias e histórias contadas me transportam para lugares incríveis, e eu sou obcecada por lugares incríveis.

Hoje eu sei -MAKTUB (estava escrito)- que meu destino era aqui e nada mais justo do que homenagear o meu primeiro contato com esse País que eu aprendi a amar, e que mesmo não encontrando com bruxas nas ruas, mesmo não esbarrando com templos celtas e mesmo sem nunca ter visto nenhuma dança nas florestas perto aqui de casa, tem uma energia e magia que ninguém pode negar.

Hoje a gente registrou a Amy, a Amy Brida Keogh, e assim eu tenho registrada nela -que nem tatuagem- um pouco do início da minha história de amor com esse País, com os livros e com o desconhecido.

Que você seja feliz, minha Brida e que você saiba escolher seus caminhos acreditando na sua intuição.

Facebook Comments

13 Comments

  1. Parabens, lindo nome, como sempre.
    Eu sonho com a Irlanda, deve ter uma magia incrivel no ar.

    Someday…

  2. Nossa! Obrigada pelo texto encantador numa manhã de sexta chuvosa!
    Amiga acreditamos que nossas vidas são planejadas no plano espiritual e sem dúvida, MAKTUB!!! E para diminuir a saudade, Deus te deu o dom da escrita para acalentar o coração dos que te amam.
    Um ótimo fim de semana. Beijo, Bi

  3. Que lindo nome, que traga muitas alegrias pra pequena!!!!

  4. achei lindo o nome!!! (soh depois q morei na irlanda e que fui lembrar que tinha visto varias coisas a respeito da terra!) pretendo voltar para esse lado qd me formar ano que vem 🙂 beijocas ka! parabens pela filhona!

  5. Admito que nunca curti Paulo coelho, acho chato, mas amei seu texto! Foi bonito, foi fofinho e foi profundo. Eu espero que a Amy seja muito feliz!

    Ps: A Chloe e a Mia (a Amy é muito pequena para eu conseguir ver esses detalhes) são a cara do Breno! É muito engraçado como eu consigo ver o Breno nas fotos das suas meninas 🙂

  6. Fofura… acredito que muitas das coisas estão escritas. bjo

  7. Que lindo!!Fiquei muito emocionada e me identifiquei com o seu texto.
    Parabéns !Muita felicidade, saúde,paz e amor a toda sua família

  8. Também adoro viajar pelos livros, e agora que você citou o livro Brida, penso que ele também possa ter me influenciado nessas imagens celtas da Irlanda!
    E o nome é lindo, tenho certeza que vai trazer muita sorte à Amy.
    Quando souber de alguma dança na floresta me avisa!!! 🙂

  9. Uauuuuu arrepiei daqui guria!! Amei Brida! Bjuuuu

  10. Menina que coincidencia. Eu sou louca para conhecer a Irlanda, desde que li Brida! Depois li varios outros romancezinhos de mulherzinha que se passam aí, e a vontade só foi aumentando…. O mais perto que cheguei foi Londres, mas um dia me organizo e apareço.
    Adorei!

  11. Eu quero poder conhecer A Luckland hj em dia a cultura Irlandesa é bastante respeita,e eu to junto, da pra sentir que tem um grande magic nesse outro lado do mundo.

    Abs Ka.

  12. Com a mae que ela tem, ela vais empre fazer as escolhas certas.

  13. Ahhh que lindo! Só li agora! Achei o máximo! Eu tive uma situação parecida, mas com o livro Diamantes do Sol, da Nora Roberts! Li em 2001, com 15 anos, e o interior da Irlanda ficou marcado em mim. Hoje sou apaixonada por Dublin, tanto que irei voltar para a Ilha. Achei linda a homenagem, ainda mais por ter te trazido tanta felicidade! Já o nome da personagem do "meu" livro é Jude Frances… tem também a Brenna e a Darcy, que são as melhores amigas dela!
    Linda a tua homenagem!

Deixe uma resposta