Pra morrer de raiva.

Pra morrer de raiva.

Se tem uma coisa que eu não me conformo desde que vim morar na Irlanda, são os preços das roupas no Brasil.

Sim, eu sei que as taxas de exportação e blá blá blá são bem mais caras e que as empresas nacionais não utilizam trabalho escravo, mas sendo o salário mínimo o valor que é, não me impressiona ver casais optando por ter somente um filho ou nem ter filho, o custo de vida está cada vez mais alto na América do Sul, as roupas infantis no Rio de Janeiro são absurdamente caras, eu me recuso a comprar e inclusive quando minha mãe vem nos visitar eu já vou logo falando para não trazer presente nenhum, porque me parte o coração ver a diferença absurda de preço.
Aqui na Irlanda existe uma infinidade de lojas para kids, acho que esse é o principal target do comércio, mas mesmo a loja mais cara daqui ainda é mais barata do que a loja mais cara do Rj, por exemplo.

As lojas mais em conta para crianças são a H&M (onde eu compro bastante) e a Primark (que aqui em Dublin se chama Penney’s), eu não sou fã número 1 da segunda, devo confessar, compro muito pouca coisa por lá, mas é indiscutível, aqui na Europa ninguém fica sem roupa, tanto é que pra mim o ponto negativo dessa loja é que quando você sai de casa encontra 30% da população vestida igual a você, para coisas que a gente usa “para bater” até vai, mas em uma ocasião mais especial e tals,  prefiro investir em uma loja melhor, que também diga-se de passagem, não custa 1/3 das marcas brasileiras.
Quanto ao Trabalho escravo, com o preço que custam as mercadorias, acho difícil eles não utilizarem, mas, parece que difícil mesmo é encontrar uma loja que não utilize, mesmo as mais caras como a Zara, lembra?
Essa semana em uma ida ao shopping tive a idéia de tirar umas fotos e te mostrar os preços, agora me diga, é ou não infinitamente menor do que no Brasil?

E ainda tem gente que se preocupa sobre o que trazer na mala para uma viagem a Europa…
Trás nada não gente, trás espaço vazio! 

*****
Essa é a coleção primavera-verão das kids da Primark e da H&M, semana que vem posto a coleção dos adultos, que tal?
.
Facebook Comments

41 Comments

  1. Nossa, a ideia de morar aí agora está virando fixa depois deste post!

  2. Olá,

    Deixa-me dizer-te que em Portugal, dificilmente na H&M tu compras roupa ao preço que aí está marcado. Pelo menos o dobro desses preços ou mais.

    De facto, a roupa de criança aí é mesmo muito barata, na H&M umas calças de ganga para criança, aqui, no mínimo, 15,00€.

    Acho que me perdia por aí…

    bjs,
    MJ

  3. Olha, combinei com a familia brasileira que ao invés de presentes, eles fazem uma poupança pro Pok.
    E ai, quando formos pra lá eles gastam com ele, em passeios, sim porque não é só roupa que é caro no Brasil, tudo é caro e uma simples ida ao Zoo pode custar facinho uns 50 reais, oque eu acho muito.

    Aliás, vc já viu o preço dos livros por lá, livros infantis, daqueles bonitinhos e tals, não custam menos de 50 reais, não é atoa que muita gente passa longe das livrarias.
    A sorte do Pok é que minha mãe tá nesse ramo e mesmo a livraria dela sendo especializada na área de médica, ela pode comprar outros com descontos (e muitos amigos donos de editora acabam nos presenteando com titulos infantis), senão, acho que o menino teria apenas um livrinho ou outro em portugues (e uma infinidade em Holandes, Ingles e Hungaro).

    Beijocas

  4. Já sei o que levar quando for passear na Irlanda, malas vazias,kkkkkk
    Mas eu acho um absurdo mesmo o preço das coisas por aqui no Brasil.

  5. Ai nem fala… eu fiz a festa enquanto morei nos EUA, até o ponto de acostumar. Quando voltei para o Brasil, passei fácil uns 6 meses sem coragem de comprar 1 calcinha que fosse! Era A chata, ia nas lojas e saía me queixando do absurdo que estavam os preços. Saudades daquele tempo bom de H&M e Forever21!

  6. Ai nem fala… eu fiz a festa enquanto morei nos EUA, até o ponto de acostumar. Quando voltei para o Brasil, passei fácil uns 6 meses sem coragem de comprar 1 calcinha que fosse! Era A chata, ia nas lojas e saía me queixando do absurdo que estavam os preços. Saudades daquele tempo bom de H&M e Forever21!

  7. Preços ótimos mesmo! E outra coisa…. roupas bonitas…. nada de glitter (OK, tem o tênis), pedras coloridas, dourado, pink e lantejoulas!!!!! Coisa q se vê muito por aqui!!!!!!!! Sou uma chata pra comprar roupas para minha pequena, aí iria fazer a festa!!!!

  8. E' bom lembrar que aqui na Irlanda roupa infantil nao paga VAT, que acho ser de 21%… Ja' ajuda….

  9. Realmente os preços aqui são abusivos!
    Quando estive em Dublin quase enlouqueci com tantos preços pra lá de barato! Renovei todo o guarda roupa de inverno! 🙂 Que delícia!!!
    Ká, eu estava pra lhe escrever um e-mail sobre este assunto. Estou gravida da minha primeira filha e sequer cogitei a ideia de fazer o enxoval aqui no BR. No início de Março irei para os EUA comprar tudo por menos da metade do preço! rs…
    Enfim, eu estava pra lhe perguntar exatamente sobre os preços de roupas para bebês aí na Irlanda, pois notei também que as roupas por aí são muito mais fofas e estilosas, rs… Como não sou fã do pink, lilás e cia, fica ainda mais difícil encontrar peças que me agradem 🙁
    Gostaria de saber o que você acha sobre os preços, se tem indicações de lojas online, etc… 🙂

    Seus posts estão cada dia melhores, sucesso!!!

    Beijos!

  10. E' bom lembrar que aqui na Irlanda roupa infantil nao paga VAT, que acho ser de 21%… Ja' ajuda….

  11. Bom lembrar que aqui na Irlanda roupa infantil nao paga VAT. Ja ajuda, ne'?

  12. É pra morrer de raiva mesmo !!! Outro dia tive que comprar um presente para uma amiga que tinha acabado de ter bebê , quase caí de susto !!! Uma roupinha de bebê , uma coisinha de nada……quase R$100,00!!!
    Cada dia que passa tenho mais vontade de morar ai…..:)

  13. Ok, ja morri! rs

  14. Adoro H&M, uma outra que conheci também na minha última ida à Europa Croácia) foi a New Yorker… e toda vez que volto e vejo os preços das roupas no Brasil fico deprimida!!!

  15. Fiquei chocada com o vestido listrado a 5 euros!
    Uma roupa assim na Renner, por exemplo, não sairia por menos de 60 reais. A última vez que dei uma espiada nas roupas infantis de lá, vi um vestido por 100 reais!
    Não sou mãe, mas sei que crianças crescem rápido, logo não vale a pena gastar tudo isso em uma roupa que vai deixar de servir em um ano.

  16. Com ou sem VAT o preço é menor do que no Brasil…. Sem falar na qualidade! Muitas lojas de marca no Brasil produzem roupas de baixa qualidade, nao compativel com o preço. Quando vou ao Brasil compro muita coisa na H&M, Zara e Mango. Quando chego la, minha amigas acham tudo lindo e quando falo o preço o povo fica de boca aberta. Nao é a toa que milhares de brasileiros tem vindo para Europa ou para os USA e gastam horrores em compras. Quando aviso que to indo para o br. o povo enche meu email de encomandas como maquiagem, roupas, eletronicos etc Minha mae mesmo manda dinheiro pra mim para comprar bolsa e blusa pra ela pois no Brasil ela pagaria uma absurdo. O problema do brasileiro é que ele so da valor ao que é caro. Mentalidade de terceiro mundo onde as pessoas precisam mostrar que tem grana para dizer que pertencem ao pequeno grupo dos previlegiados. Desculpem, mas é verdade! Lembram daquela frase "… é coisa de pobre!" pois é….

  17. Sem comentarios pelos absurdos de preços no Brasil…Confesso que em menos de 1 ano aqui ja mandei uma caixa p mami e irbãs(bolsas principalmente),porque mesmo pagando correio e qualquer taxa com PF ainda eh de longeeee muito mais em conta. Realmente eh deprimente ate desumano os preços de tudo la no Brasil

    • Isso ajuda amiga, mas não é a razão, porque as roupas de adulto também são ABSURDAMENTE mais baratas e essa moleza da falta do VAT é só para roupas infantis (até 11 anos).

  18. Ka, choquei!! Aqui realmente cada vez mais, tudo muito mais caro. É o fim, né?!

  19. Ka, sei que o post não tem o intuito de ser político, mas precisamos lembrar de que todas as nossas ações são políticas. Em tudo o que fazemos estamos ajudando um ou outro movimento econômico no mundo. Então, concordo que no Brasil as coisas são caras. Mas o principal motivo para serem assim é a carga tributária que temos em que imposto vai sendo somado a impostos. Aqui tem até um vídeo que pode ajudar a explicar como isso funciona: http://www.youtube.com/watch?v=glnizoILlPo. Por isso, eu penso que é importante que saibamos que nosso consumo consciente pode mudar as coisas. Não adianta só falar que vamos comprar as coisas fora e pronto. Precisamos aprender a votar melhor e agir mais contra essa forma de cobrança de impostos. Quando as notícias falam de reforma tributária é disso que se está falando. Outra coisa é comprar de empresas que usam mão de obra escrava. Me nego a comprar na Zara e ajudar a estimular esse comportamento. Se pararmos de comprar de empresas que usam escravos, elas vão acabar tendo que mudar de comportamento. Por isso, voto e consumo consciente são sempre melhores numa visão geral do que simplesmente comprar o que é mais barato para a minha família. É hora de pensarmos um pouco mais globalmente. abraço!

    • Eu nao poderia concordar mais com voce!
      Acho que o pro-ativismo eh a solucao para muitos dos males que a gente enfrenta
      Nos dias de hoje.
      A pascoa esta chegando, por exemplo, e novamente tomados pelo consumismo vamos
      Todos comprar ovos e nais ovos que nao valem a metade do preco!

      O meu post alem de mostrar como funciona aqui fora teve como objetivo questionar
      A diferenca principalmente do sistema tributario brasileiro, que eh, nos sabemos, uma piada.

      Um abraco

  20. Aqui é absurdamente caro. Ontem mesmo comprei um par de meias pro meu irmão de 50reais. E um vestido bem parecido com aquele azul e vermelho para a filha de uma amiga, de 100 reais. Tudo bem que se eu for atrás eu encontro mais baratas, porém a qualidade não é a mesma, e nós nos submetemos a pagar caro pela coisa boa!
    Adoro seu blog e aprendo com ele também. :*

    Beijos :*

  21. Deprimente… Imagina que eu tô precisando refazer meu guarda roupa… nada mais me cabe…. Haja dinheirinho aqui abaixo da linha do Equador….

  22. Meu voto é muito consciente e sagrado. Não dou, troco ou vendo! 😉
    A questão da carga tributária é assunto antigo. Todos sabem que a nossa carga tributária é a maior entre os países emergentes e também maior do que em países de primeiro mundo como Estados Unidos, Japão e Canadá.
    O consumo consciente mesmo em pequenas coisas, é muito importante para que aos poucos essa educação de consumo brasileira seja mudada, mas com esta "Mentalidade de terceiro mundo onde as pessoas precisam mostrar que tem grana para dizer que pertencem ao pequeno grupo dos previlegiados." (trecho tirado do comentário acima)fica muito difícil.
    Mesmo assim, ainda acho que hoje em dia muitas pessoas dão mais valor ao dinheiro, a quanto realmente vale o produto que estão adiquirindo e levando em consideração todos os fatores que influenciam na construção daquele preço.
    O fato de comprar produtos fora, é apenas amor ao meu dinheiro. Jamais gastaria R$ 100,00 em uma roupa que posso comprar por menos da metade do preço! Já ajudo bastante a economia do meu país com outros ítens, preciso também cuidar do meu bolso! 😉

    • Eu acho muito, mas muito difícil a gente pensar em movimentar a economia da Brasil quando o Brasil se preocupa pouco com o nosso dinheiro, então o segredo é esse, consumismo controlado, sabe?
      Foi como eu citei em época de Páscoa…

  23. eu adoro a Irlanda
    ainda mais em época de sale up to 75%..
    botas da forever 21 por 10 euros!!
    heheeheh
    tudo bem que não sãoo de couro e tal, mas 10 euros num par de botas bonitinhas que são?!?!
    enchi o carrinho!

  24. É bem isso que eu acho também!
    Obviamente queremos ser conscientes e ajudar na economia do país da melhor maneira possível. Mas também precisamos zelar pelo nosso
    dinheirinho suado, pois meu Brasil amado não pode fazer isso por mim no momento!
    Pra dar um exemplo, em Agosto costumo comprar para meus sobrinhos todos os brinquedos de dia das crianças e Natal, pois sei que a partir de Setembro, a coisa fica feia e um brinquedo de R$ 50,00 passa para R$ 80,00 simplesmente pq caro ou barato, as pessoas comprarão o produto!
    aiaiai…esse assunto é infinito gente, rs…

  25. Oi Ka, adoro seu blog, mas acho que pode ser citado também a questão de referência. Lojas do tipo H&M e Primark são das mais baratas da Europa e não tem tanta qualidade, mas contam com um design bacana. Se fores analisar nos centros mais baratos das cidades brasileiras também se encontram roupas no mesmo nível de preço e de qualidade, mas sem um design bonito. Não acho justo comparar H&M com Lilica Repilica, por exemplo, que tem roupas que duram anos. Outra loja citada, abusa da margem de lucro no Brasil por contar com esse poder da marca aqui, diferente de cidades da Europa. Tanto que aqui ela está presente em todos os shoppings, e na Europa as grandes ficam nos centros das cidades. É uma questão de posicionamento da marca. Claro que a carga tributária do Brasil é alta, mas não podemos colocar toda a culpa nisso. Tem muito abuso das marcas e outros problemas como transporte, problemas para importação (processo demorado), por proteção da indústria local (assunto que rende tb prós e contras). Vai além de uma análise superficial. Só gostaria de trazer isso para o debate, palavra de contadora de multinacional (que joga a margem de lucro no Brasil lá em cima para se proteger de 'diversos riscos'). 😉 Bjos!

  26. adoro h&m, Mango e ano passado conheci a Primark na Alemanha e enlouqueci!!!! a diferença de preços é gritante, renovei meu guardo roupa e penso duas vezes antes de comprar alguma roupa aqui. Bjs Alice

  27. Um espanto só…dá vontade de ir aí só para fazer compras.

  28. Nossa Ka, vou te dizer que estou lendo o seu blog ja faz muito tempo apesar de nunca ter comentado aqui, mas sobre este post não pude deixar de comentar. Estou cada vez mais interessada em morar na Europa. Acho que vou começar como vc, fazendo um estágio na Irlanda. E sobre as coisas caras aqui no Brasil vc esta certa. Sim, tudo aqui esta abusivamente caro e não justifica tais preços. Beijos
    Ps: Vc poderia tambem falar sobre preços de alimentação e moradia dai, seria uma boa.

  29. Além de barato são lindas e parecem de qualidade infinitamente superior. Aqui, além de ser caro o material é bem vagabundo.

    Um dia ainda vou conhecer Dublin.

  30. Boa ideia mostrar a coleçao de adultos
    Beijo
    Andrea

  31. Nossa, fiquei espantada com os preços.
    Aqui no Brasil, nem no camelô você encontra roupas infantis por esse valor!
    Mostre a coleção de adultos também!
    Bjs.
    Elvira

  32. Karine querida, amei essa postagem, queria que vc postasse depois as imagens e preços das peças de roupas para adultos..morri vendo aqui esse Oásis!!! bjnhos!

  33. Por que as pessoas dizer que a Primark não é de boa qualidade? por conta do material? acabamento?

  34. Um abuso né!? Estou há quase dois meses em SP e não comprei uma agulha! No shopping só vou para outros serviços, nunca para passear. Afinal, a gente tem que pagar as vezes até 30 reais de estacionamento para 'passear' hahaha Minhas irmãs dizem que eu fiquei pão dura! Eu digo que fiquei consciente (e inteligente!). Na Zara de Milão eu pago 29 Euros pela camisa mais bem acabada da Loja! Aqui, a minha irmã paga numa camisa branca básica 149 reais. Quando quer investir numa coisa mais legal tem que apelar para as 'marcas' e aí… o céu é o limite, eles praticam o preço que querem. Comprei um relogio Michael Kors em agosto de 2010 em NY por 149 dólares. Eu lembro que ninguém conhecia essa marca ainda. Nem eu! Achei o estilo legal e comprei. No ano seguinte fui ao Brasil e vi o mesmo relógio na vitrine de uma loja no shopping por 1890 Reais! Eu juro que quis entrar e vender meu relógio pra eles! Mas enfim, será sempre assim, o importante é se informar e mudar! Se vc convida uma amiga pra passear no parque, elas até estranham…passeios pela cidade, elas tem medo. Ontem a noite fui num rest aqui em SP, o Spot…. preços absurdos! qq jantarzinho com as amigas não sai por menos de 100 Reais, comendo um prato de massa e uma taça de vinho! Só! JeeezussssPróxima vez que eu vier, marco com TODAS as amigas num dia só pra não ter q repetir rs….
    bjos Jacq

Deixe uma resposta