Uncategorized

Os Sem o que fazer.

310777_2227036870039_1071305397_2504055_310780179_n_large

Dia desses vi um barraco no twitter.

Uma atriz tuitou que estava com desejo de comer lagosta e uma das seguidoras rebateu dizendo que “como ela é hipócrita e tem coragem de dizer que come lagosta enquanto tanta gente não tem nem arroz e feijão”. (?)

Eu lamento por essa Juíza moça.

Sei que é verdade, tem gente que não tem nem arroz e feijão, mas a tal da atriz (que é atriz e não salvadora da pátria), que trabalha e tem que ouvir uma crítica idiota como essa, tem todo o direito de comer Lagosta e tudo mais que ela quiser, até porque, quem não tem arroz e feijão, também não tem twitter e não se sentiria ofendido, não é mesmo?

Pois bem, esse tipo de coisa me leva a crer que muita gente protegida pela tela do computador, sofre de um mal que em tempos de internet se aflorou : A falta de louça pra lavar O despeito.

Porque essa cidadã “segue” a atriz no twitter se não gosta do estilo de vida dela?

Porque pessoas lêem blogs de quem não gostam?

Simples! ela, assim como outras, sofrem da síndrome dos Juízes online.
É só dar uma brecha que aparece um monte de retardado achando que você vai mudar seu comportamento por causa de uma crítica sem fundamento.

Aposto que defensores dos “sem comida”, “sem teto”, “sem maquiagem”, “sem cultura”,“sem Louis vuitton” estariam fazendo muito mais pelos “fracos e oprimidos” se não estivessem perdendo seu tempo em frente ao computador criticando quem já está com a vida ganha e tem feito a sua parte como pode.

Não me entendam mal, ninguém é obrigado a concordar com o ponto de vista de ninguém, mas se não for para acrescentar, ignore e se for algo super contra os seus valores, não acompanhe mais, ou será que quando você é convidado pra jantar na casa de alguém e não gosta da comida vai bater ou ser rude com a anfitriã?

Mas voltando ao caso….
O lado bom, é que a atriz que ela cutucou, mandou ela a merda.
O lado melhor ainda, é que ela já deve estar….
O lado ruim, é que pessoas apegadas a vida alheia, prontas para dar pitaco na vida dos outros sem serem requisitadas, sempre vão existir…

E a nós, nos resta ter paciência e fazer muito yoga pra aguentar.

Ah e aproveitando o ensejo, preciso voltar a dizer (porque tem gente que não entende de jeito nenhum) que se eu quisesse escrever sobre coisas sérias, estaria escrevendo uma monografia e não um blog. 
E se você quiser ler sobre coisas didáticas e politicamente corretas, já aviso de antemão que tá na hora de desapegar da minha vida porque aqui, no meu blog (que não é diário da minha life, mas é a minha casa), só rola banalidades, futilidades e in-utilidades, estamos entendidas, beibe?…Então tá.
Prossigamos….

*Imagem retirada daqui

Facebook Comments

Tags

25 Comments

  1. Adorei! por isso que leio o seu blog!
    kkkkkkkkkkk
    bjs

  2. Ka,
    Simplesmente disse tudo. Nada mais irritante do que gente que critica tudo e nao acrescenta nada. Eh necessaria uma santa paciencia mesmo.
    Beijos!

  3. Ká (sim, porque já me sinto íntima!), no Brasil existe também a 'síndrome da pobreza aguda'. Independente do dinheiro que voc6e tenha é feio comprar o que você quer. Vá entender!Na mentalidade das pessoas que sofrem dessa síndrome,se você é brasileiro, independente do quanto ganhe com seu trabalho, você não pode ir num restaurante caro, não pode comprar uma bolsa chanel porque é feio. Isso me irrita de um jeito. Tá, eu acho um absurdo uma pessoa gastar dinheiro "enfeitando" o carro porque fico imaginando quantas viagens/roupas poderiam ser comprados, mas tenho certeza que a pessoa que enfeita seu carro acha um absurdo gastar dinheiro com essas besteiras que gosto. Então a gente vive assim, eu compro minhas maquiagens canadenses (Mac é vida!) e você compra o que você quiser. Não é mais saudável?

  4. por isso e por outras tenho dó (e certa simpatia) pela Luana Piovanni! Neguinho segue o twitter dela SÓ PRÁ ENXER A SANTA PACIENCIA.

    sou a favor do pague minhas contas e comente sobre minha vida

    Bjo

  5. AMEI!!
    o blog eh teu,tu escreve sobre o que bem quiser!!

  6. Falou td e mais alguma coisa…hahahb..jks

  7. AMEI! kkkkk,concordo com você, por isso amo isso aqui,rsrsrs.
    Beijos e vamos as futilidades da vida!
    Para o resto já temos os jornais

  8. Amei!!! Amei!!! Ameeeiiiiii!!!
    Que saco essas coitadas, frustradas e mal amadas! Xô, urubus!rsrsrsr
    Futilidades, banalidades fazem a vida mais divertida! Menos dessas coitadas! Rá!
    Deixa pra elas a preocupação da falta disso ou daquilo, pois estão longe de salvar o mundo com esses discursos furados!

  9. nossa, sério eu não entendo esse tipo de gente… mesmo. pra que le, né não?
    mas deixa reclamarem, não perca tempo nem comentando esse tipo de coisa!!!
    ps: sabe o que me irrita muito? gente no fb reclamando da timeline, tipo aqueles assim: essa pessoa aaqui nnao quer saber da sua fazendinha, do seu time de futebol, do que você comeu hoje e da pqp…. simples não leia sua timeline… pq agora parece obrigação as pessoas SÓ escrevem coisas engraçada, né!!

  10. Gata arrasou, qdo eu crescer quero falar igual! 😉 x

  11. Concordo em genero, número e grau!!! O blog é seu você escreve o que quer! Segue quem gosta do que lê! Todo mundo tem o direito de entrar e sair…
    Concordei com tudo o que você escreveu! E infelizmente sempre vão existir pessoas assim… infelizmente! Beijinhos

  12. Ká querida quando comecar a fazer monografia me avisa pelo amor de Deus que noa vou passar nem perto, pq né eu venho aqui pra aprender sobre futilidade, banalidade, inutilidade + principamente pra morrer de rir !!! + é verdade eita povo azedo que noa consegue ficar feliz com a felicidade alheia… meddaaaa bjs

  13. hahaha…. Eu nem ouvi falar nessa bobagem twittistica, mas ao ler tive certeza que a atriz era a Luana Piovanni. Eu não tenho dó dela não, porque é bem disso que ela gosta. Eu tenho dó da pobre coitada (de espirito e inteligência, não de bolso) que se "ofendeu". Cada uma….
    Beijos

  14. Oi KArine adoro ler suas coisas, sigo sempre e curti demais o post! e a parte da monografia kkkkkkk… continue assim, e como se diz, o incomodados, vao puxando o saco e saindo de mansinho…. bjs

  15. Ahahhaha!
    Adorei teu post, Ka!
    É cada uma que aparece, né. E o pior, a vezes nem é que a pequena vive num castelo tomando banho de champanhe, e vem um cerébro inativo dizer esse tipo de coisa. Se acha no direito de reclamar pq se sentiu ofedida, mas não percebe q tbm ofendeu ao responder uma coisa que não tinha nada a ver com a vida dela.

    Beijos!

    PS: É por isso q venho aqui sempre pq adoro ler as tuas banalidades, Ka! =P

  16. Oh.. A-D-O-R-E-I-!!! de verdade..
    Nunca fui "atacada"… nunca mesmo… nem nunca perdi meu tempo para ficar discutindo pela internet..
    falou tudo.. gente sem o q fazer. Pq se leio e não gosto, não leio mais e ponto, viro a pagina e vou para outro blog!
    Para o seu… bato palma! Leitura leve e descontraída, tudo que precisamos no nosso dia-a-dia!
    Bjnhos!

  17. Karine…

    Não podia ter dito melhor… Não só na internet, mas na vida… se não tem nada de BOM a acrescentar, abstenha-se de comentários, hahaha.
    OBS.: Teu blog não é 100% futilidades e já falou de assuntos mais solidários do que muito blog "jornal" por aí!
    Show de bola, continue escrevendo sempre, hahaha

  18. Concordo contigo, nao da pra viver pe rapado pra contentar o mundo. Pq a maior hipocrisia eh alguem falar que nao curte comforto. Eu abraco qualquer causa, mas nao paro de comprar maquiagem, botas, etc. Alias, vc que foi no show do take that, ta sabendo do show do new kids com o backstreet boys ai em dublin no ano que vem? Se vc curtir me da um toque, eu to afim de ir mas o marido acha uma tortura ir em show de boyband.E vamos continuar no modo futil pq dessa vida a gente nao leva nada, entao bora gastar mais, curtir mais e ser feliz! bjuuusssss

  19. Eu tenho vontade de matar uma pessoa assim! Sério, não tanto pela ignorância, não tanto por incomodar os outros, mas pelo moralismo barato que elas se apoderam. "Por que fazer isso enquanto milhoes morrem de fome? Por que fazer aquilo enquanto bla bla bla…"E você, seu irritante, está fazendo o que? Talvez a pessoa que queira comer lagosta já está apadrinhando crianças carentes, ou fazendo trabalhos voluntários, (ou nada também e isso é problema dela), enquanto esse ser desprezível não faz nada nem pela própria mãe. Hipocrisia, esse é o new black da internet!

  20. Ká, eu leio muitas noticias na internet e leio muita bobagem também.Só que de um tempo pra cá, eu não leio mais os comentários, eles me faziam mal. Eu juro! Realmente existe muita gente ruim nesse mundo, que como você disse, se esconde atrás de uma tela de computador.O negocio é deixar pra lá, pq se mexem com você, falam mal de você, é porque de alguma maneira você incomoda essa pessoa. Ignore-a , é a melhor coisa que você faz.O que vale mesmo é esse pessoal todo que te segue, que adooora suas historias e sente como se você fosse da familia. Maaas saiba que eu sempre fui a numero 1 táa?? kkkkkk beeeijo

  21. Te adorooo Ká. Direta, certeira.

    LoL

  22. Espero que o fato de não escrever sobre coisas sérias também não seja motivo para se refutar de escrever corretamente…Começando pelo "quizer" rs…

    Bjo!

  23. Nossa, que vergonha!
    Obrigada pela correção.

    bjo

  24. .My favorite post so far, no kidding!

    Depois que coloquei aquele warning no quadro de comentários,passei a não receber mais recadinhos daquela turma.E tem gente que ainda me chama de grossa pq eu disse que se não gostar vai lá em cima no topo da página e aperta o X.

    Bom, como foi dito no post, ninguém tem a obrigação de seguir seu ninguém e ninguém perde tempo com o que não é interessante para aquela pessoa.

    Então se comenta, das duas uma: ou a pessoa é sem-vergonha mesmo e vem só pra criar confusão ou é muito despeito.

    Já li cada coisa lá no blog que se eu expor as pessoas iriam ficar passadas, engomadas e engavetadas, porém não o faço pq sei que gentinha assim amaria ganhar audiência de blogs como os nossos.

    E o que resta de nós pra esses juízes? Apenas deixá-los no vácuo e seguir em frente.

    Ótimo post. Onde eu assino?

Deixe uma resposta