Medida de emergência.

A emergência que tô falando é da pílula do dia seguinte, tão fácil de comprar no Brasil. (ainda, é?)

Aqui na Irlanda a 6 anos atrás para a mulher fazer uso dela, ela tinha que passar (e pagar) pelo médico e ele com a maior boa vontade e com o sorriso de quem ganhou a grana mais fácil do mundo das granas fáceis, te dava a receita, sem muitas perguntas.

Hoje as coisas mudaram um pouco, com o índice de gravidez indesejada aumentando no País, o ministério da saúde resolveu encurtar o caminho e veja você, agora só é necessário fazer uma entrevista com o farmacêutico da esquina.
Isso mesmo, entevista + farmacêutico.

Gente, não é uma experiência legal.

Você senta em uma cadeirinha no fundo da farmácia, ele sente de frente, como bom irlandês já fica vermelho antes de perguntar seu nome e aí segue, com aquele questionário do tipo:

E aí senhora Karine, você é promiscua?
E aí senhora Karine, quando você fez sexo sem proteção? (tipo, hora correta)
E aí senhora Karine, seu parceiro ejaculou dentro?
E aí senhora Karine, quantas vezes você já tomou essa pílula?
.
.
.
Sei lá, não sei se era tão ruim pagar 50€ pela consulta, principalmente quando o farmacêutico é seu vizinho.

P.s.: A pílula do dia seguinte custa entre 25€ a 35€

Facebook Comments

14 Comments

  1. Eu tomei essa porcaria umas 2 vezes e passei mau horrores, por isso coloquei o DIU.
    E você aprontando né danadinha,rsrsrs.
    Deve ser constrangedor uma coisa dessas.
    Beijos e se cuida.

  2. Uma amiga tb passou muito mal, tao mal que eu fiquei traumatizada e acho que nao tomaria a pilula nao. Acho, nao, tenho certeza, porque ja aconteceu algumas vezes comigo e eu deixei pra la ("sorte" de nao ser super fertil). Aqui eh pelo NHS e eh de graca, se nao me engano. Duvido que as inglesas fiquem com vergonha de responder ao questionario. hahahaha

    Torcendo para voce nao ter reacao pos-pilula (eh a 1a vez?)!!

  3. Eu nunca passei mal com essa pílula, nem nunca tinha ouvido ninguém falar que passou mal…
    Mas enfim, super constrangedor mesmo passar por esse interrogatório aí. Aqui nos EUA nem sei se vende, deve ser sob prescrição também.
    Beijo

  4. Já tomei duas vezes, não tive qualquer tipo de reação, e foi muito fácil comprar. Mas, se eu já acho um pouco constrangedor ir até a farmácia e pedir a bendita, imagina uma entrevista. Fala sério hein!!!bjs

  5. Bizarro! Dá a entender que o governo quer fazer essa situação a mais traumática possível para que as mulheres se previnam antes da relação sexual.

    Hoje o meu blog completa 4 anos de atividades. Dá uma passada lá?

    Beijos e sucesso!

  6. Eu acho que qualquer remédio deveria ser vendido com prescrição médica. Mas é claro, quando a saúde não é pública, gratuita e de qualidade, a coisa muda de figura. Mas em se tratando de evitar uma gravidez indesejada, o governo deveria sim facilitar as coisas e evitar o constrangimento da mulher. E se por acaso é o homem que vai comprar o remédio para a mulher, não pode? Pois deveria, afinal de contas, ninguém faz filho sozinho, né?

  7. Eu já tomei uma vez aqui. E, tive que pagar a bendita consulta ao médico-ganha-dinheiro-fácil. Nunca uma pílula do dia seguinte foi tão cara.
    Ah, ao contrário do que algumas comentaram, eu não tive nenhum reação. Tomara você também não tenha.
    Na boa, esse tipo de medida em que coloca a mulher como uma "réu" na frente de um "juiz" só mostra como a Irlanda ainda é governada pelo Vaticano. Patético! =/

  8. Eu já tomei uma vez aqui. E, tive que pagar a bendita consulta ao médico-ganha-dinheiro-fácil. Nunca uma pílula do dia seguinte foi tão cara.
    Ah, ao contrário do que algumas comentaram, eu não tive nenhum reação. Tomara você também não tenha.
    Na boa, esse tipo de medida em que coloca a mulher como uma "réu" na frente de um "juiz" só mostra como a Irlanda ainda é governada pelo Vaticano. Patético! =/

  9. Que situação rsrs … Bom, já tomei essa pilula umas 3 ou 4 vezes na vida e nunca tive reação alguma, nem nunca tinha ouvido falar que ela poderia dar reações fortes como as descritas acima

  10. Esse tipo de questionario eh constrangedor mesmo, pior ainda se é alguém que vc vê seguido, como o farmaceutico da esquina!
    Fui no gineco na semana passada (estava adiando) e ele seguiu essa lista de perguntas: data de nascimento? (que mostra que terei em breve 33 anos) QUANTOS filhos? (nenhum) QUANTOS abortos espontaneos ou provocados? (nenhum) Mantém relações regulares? (sim) Usa camisinha? (não) Troca regularmente de parceiro? (não, é sempre o mesmo, o meu marido!) Puxa, serah que ele me tirou para garota de programa???

  11. Eu tomei esta pílula e fiquei grávida rsrsr. Entrei na margem de ineficácia do remédio. Minha princesa está com dois meses e é a coisa mais linda deste mundo!!!

  12. Putz, aí complica , farmacêutico vizinho rsrsrss

Deixe uma resposta