Haters gonna hate

 

Pensei muito, muito mesmo antes de escrever esse post, mas a vontade de desabafar, venceu.

A uns três anos atrás, eu ajudei com dicas e informações, uma pessoa que viria morar na Irlanda acompanhando o marido, com 2 filhos.
Essa cidadã, me ligava nas horas mais inconvenientes do dia (sim, dei a ela o número do telefone da minha casa), e eu pacientemente atendia, porque sabia que toda mudança, principalmente as que envolvem crianças, podem nos deixar muito ansiosas.

Essa pessoa veio.

NUNCA, JAMAIS a encontrei na vida, se esbarrar comigo na rua não faço idéia de quem seja, nunca rolou de marcar um café, nunca coincidiu de estarmos presente no mesmo lugar, embora ela tenha adicionado no Facebook TODA a minha lista de amigos que moram por aqui. (como você pode perceber, meu sexto sentido funciona até com a tela do computador no meio)

E Então, do nada, sim, do absolutamente NADA, essa pessoa começa a me colocar contra amigos de longa data.

Se não bastasse, começa a inventar coisas a meu respeito, a ligar e incomodar pessoas próximas ou não tão próximas, para me caluniar e difamar.
Nada grave, admito, coisas bem bobas até, mas que se você não me conhece, certamente ficaria com o pé atrás de engajar uma amizade comigo após o “feedback” dela.

Acontece que isso, como falei acima, faz uns 2 anos e eu pensei que por ela ter conseguido fazer tantas inimizades (e inshalá, não conseguiu abalar nenhuma minha, pelo contrário), ela tinha desistido de vez de mim, com a graça de Deus, até porque, com filhos, boas mães não teriam tempo para se preocupar com a vida alheia, não é mesmo?

Mas não.

A obsessão da pessoa a que me refiro, (que nem sei se é de todo uma má pessoa, ou se tem um problema não diagnosticado), ultrapassou todas as barreiras e não vou mais tolerar, agora com um advogado me orientando e reunindo provas (que a exxxperta nem sabe que existe) estou cogitando (com a pressão do meu marido que está revoltado com toda essa história) entrar na justiça, não por vingança, mas porque algumas pessoas merecem aprender da maneira mais primitiva, de que as palavras (e o veneno) podem causar tantos danos, quanto agressões físicas.
E a internet não é tão terra de ninguém como muita gente pensa.

Quanto aos motivos que a levaram a agir dessa maneira comigo, que nunca fiz absolutamente nada contra ela, muito pelo contreario (e nem contra ninguém), não sei, e talvez nunca saiba, mas como disse uma amiga, gente ruim e com tempo sobrando, não precisa de motivo.

Note, nunca falei em inveja, nem recalque, nem me usei de expressões do gênero, porque simplesmente ninguém tem o mínimo motivo de nutrir por mim, coisas desse tipo, não tenho absolutamente nada que possa despertar em pessoas equilibradas e bem amadas esse tipo de sentimento.

Não quero dizer com isso, que sou unanimidade, mas respeito eu exijo.
Ninguém é obrigado a gostar de mim, do meu jeito de escrever, andar, falar ou me relacionar, é por isso que existe aquele x no canto da página, mas a partir do momento em que esse “não gostar” vira obsessão, providências devem ser tomadas, vai que ela de fato representa algum risco a minha integridade física e a dos meus filhos?

E Então, o post do blog é para isso.
Pra alertar a todos que tem o mínimo de contato comigo, de que pessoas assim, existem.

Tirei o Ká.Entre.Nós do ar por uns dias, porque precisei rever meus posts e me perguntar se vale a pena essa exposição toda na internet, afinal, a gente não sabe o que se passa na cabeça dos outros, ou quem tá aí do outro lado, mas quer saber?
Sou um puro fracasso, porque se dizem que o sucesso é medido pela quantidade de haters que se tem, eu, em 8 anos de blog, não me deparei nem com meia dúzia.
Ou seja,
Tadinha de mim.

O Blog virou parte da minha vida, parte de quem eu sou, parte do meu processo de adaptação, então, se você tá aqui e ACHA que não gosta de mim, tenho uma triste notícia pra te dar: Das duas uma, ou você infelizmente está enganada, ou você está precisando urgentemente de tratamento com um especialista, porque perder um tempo precioso da sua vida com quem não se gosta, não é uma atitude saudável.

E se você tá aqui porque de alguma maneira se identifica comigo, hi-five, eu não tô planejando ir a lugar algum, não por um bom tempo.

Tem gente aí, que vai ter que me engolir.

P.s.: Para a colega a que me refiro, cuidado com novas investidas de ataque, estamos (até quem vc menos imagina), de olho em você.

 

Facebook Comments

29 Comments

  1. Choquei! Credo! Não tire o blog do ar! A gente adora! Beijo e todas a energias positivas para ti.

  2. Fique..não vá não. Tem sempre pra atrapalhar em tudo que fazemos na vida. Tenho certeza que,assim como eu, tem um monte de gente que vem aqui e ri, chora,se emociona com tudo que vc escreve. E esses, estarão sempre te mandando as melhores energias do mundo!!! Bjo!

  3. SInceramente, não sei o que dizer…. Realmente, pessoas más, não precisam de motivos para serem más! Lamento que esteja passando por isso Karine, porque eu não a conheço pessoalmente, mas assim como muitas de suas leitoras e leitores, tenho um carinho enorme por você e sua família. Desejo de todo meu coração que você seja super bem sucedida nessa ação, que me desculpe opinar, está certíssima em movê-la. As pessoas precisam entender que tudo, mas tudo nessa vida tem consequências e só vai depender do que plantarmos. Um abraço carinhoso de sua leitora, nem sempre participativa, mas que ama seu blog e seu canal no "tubo" também. Deus lhe de sabedoria e paz

  4. Gente com dois filhos e ainda tem tempo pra espalhar maldade por aí. Processa sim! Pelo menos pra mantê-la bem longe de você.

    Beijo grande

  5. High five o/

    Nossa, super creepy isso. Tem gente no mundo pra tudo. Eu n sou muito supersticiosa, mas acredito que as coisas boas que fazemos e as amizades que cultivamos são o melhor remédio contra essas urucubacas, então acho que vc está bem segura. Also, leio seu blog desde os 15-16 anos (tenho 23) e nesses anos minha vontade de ir pra Irlanda só aumentou. A de continuar lendo seu blog também! Bjs!

  6. Nossa Karine que situação… Que triste. Mas, na minha opinião, você está mais do que certa em mover uma ação. Boa sorte! PS não desativa o blog, por favor

  7. Que coisa hein. Me assustei quando vi que estava tudo fora do ar. Mas que bom que você voltou. Comento pouco, mas me divirto com seus posts. Espero que essas pessoas más se afastem. Beijos

  8. Ontem, levei um susto e fiquei triste, pensando que tinha sido excluída do blog e do face…pq tentei entrar aqui e dizia que só quem era convidada podia rsrsrsrs…ufaaaa que não foi isso 🙂
    eu penso que isso é inveja de alma… essa pessoa sabe vc é espontânea, carismática e muito querida até por quem não a conhece… e vai ver que tudo que ela tem é falso…liga para isso não, vc é forte e tem uma energia pra lá de positiva…torcendo para tua alegria e da tua família também!!! Feliz em poder te ler viu…beijos!!!

  9. Nossa.. passada com a situação. Gosto demais do seu blog o acompanho há dois anos e torço que a justiça seja feita.

  10. Ka, Estou em S.J.do Rio Preto, vim visitar minha mãe, e queria te mostrar pra ela, mostrar a familia que me recebeu tão bem na Irlanda e o Blog fora.Pensei o que teria acontecido com a minha amiga que está sempre em algum momento me fazendo companhia? A Lei existe para nos proteger, e algumas pessoas só conseguem saber o mal que fazem quando são cobradas por isso. Você é tão especial, solidária, amorosa.No último dia que fiquei na Irlanda, estava com meu filho e encontramos seu marido em Dublin, no final da tarde. Ele me reconheceu, apresentei meu filho e quanta alegria senti de me recordar o quanto fui bem recebida na sua casa.A Justiça Divina é sabia. Vamos colher apenas o que plantarmos. Você esparrama as melhores sementes. Deus te abençoe e à sua familia. Bjs no coração e não tira o blog do ar.

  11. Nossa, estou passando por isso e apesar de saber quem eu sou, isso gera um desgaste emocional né? No meu caso é mt pior pq é gente que, em tese, deveria ser próxima (family in law), com quem eu devia ajudar e poder contar. Mas é aquilo ne Ká… uma pessoa de família, que recebeu educação dos pais, sempre foi ensinada na religião cristã estar no meio de gente que parece que desceu do "morro da macaca"… de acordo com uma amiga, gera um conflito natural mesmo pq nem todo mundo está aberto pra aprender com o próximo, trocar experiências… aí vc vira uma ameaça àquele "feudo de bosta" que está ali por pura incompetência de todos os envolvidos… enfim, boa sorte. Continue brilhando e sendo vc que todos amamos e nos deleitamos com seu jeito tão peculiar de olhar pra vida. Haters gonna hater. And so what? beijos e deus nos proteja sempre.

  12. Tenho passado por umas coisas parecidas, mas não no blog e sim na família. É triste, mas me dá é pena de ver como algumas pessoas podem ser tão vazias e sem paz de espírito.
    Faça valer seus direitos e de quebra dê uma lição nessa falsiane da vida rs.
    Beijo e adoro seu blog.

  13. Há pessoas que olham para a vida da gente e não imaginam o quanto trabalhamos para obter aquilo que temos, o que houve de sofrimento no decorrer da nossa trajetória, o esforço que fazemos diariamente para superar nossas limitações, e o volume de frustrações e mágoas que existem lá escondidinhas dentro de nós. Essas pessoas invejosas (sim, invejosas!) só conseguem enxergar a parte boa e acham que tudo veio por obra divina, como um presente caído do céu. Então passam a odiar. "Por que ela e não eu?" Seres humanos desprezíveis, que precisam ser afastados, blindados e neutralizados. São mais perigosos ainda quando conseguem agir nas sombras. Essa daí, devidamente identificada e monitorada, há de ter o que merece.

  14. Double high five!!
    "Tamo junta", Ká!
    Mesmo vc aí na Irlanda e eu aqui na Holanda, mesmo sem nos conhecermos!
    Sábado sentei pra ler os feeds e "só convidados podiam…". Ia até perguntar se tava tudo bem, até ler no instagram que mudanças estavam acontecendo! Tá explicado!

    Se cuide, cuide das kids, do Rosinha…e vamos sorrir pq esse povo doido precisa é disso!

    beijocas!

  15. Ai que coisa triste gente, pra que isso de odiar o outro sem motivo?
    Abraço e força na peruca!

  16. High five ka! Tem gente desocupada aos montes por ai. Tive um problema parecido com uma prima que sei la pq resolveu invejar minha vida de comercial de margarina #sqn.
    Vc eh linda, tem uma familia linda, pessoas que te amam e isso faz mal as pessoas sem luz propria.
    Beijos!!!
    Lu – Canada

  17. Quando vou comentar um post seu para meu marido ou minhas irmãs, eu digo: "minha amiga da Irlanda…"
    Veja vc, nem me conhece, e já é minha amiga! 😀
    Amiga sim! Pois já me ajudou mto com suas palavras (aquele post sobre organização de uma ex desorganizada foi um divisor de águas!)
    Então, mesmo vc cansada de saber, quero que saiba por mim que vc tem MUITO mais gente que te adora do que te odeia! High Five!

  18. Quando vou comentar de algum post seu para meu marido ou irmãs, eu falo: "minha amiga da Irlanda…"
    Veja vc, nem me conhece e já faz parte do meu ciclo de amigos! 😀
    Amiga sim! Pois já me ajudou mto com suas palavras (aquele video sobre organização de uma ex desorganizada foi um divisor de águas!)
    Então, mesmo vc cansada de saber, quero que saiba por mim que vc tem MUITO mais pessoas que te adoram do que te odeiam! High Five! O/ O

  19. Que coisa chata, se fosse eu iria ficar muito contente de uma pessoa me estender a mão e me ajudar a passar por essa mudança, iria querer me aproximar conhecer pessoas novas, conhecer suas amigas pra não estar sozinha em um país estranho. Sinceramente não entendi a atitude dessa pessoa, infelizmente pessoas invejosas e doentias existem aos montes.

  20. Ka, acompanho muito teu blog, pois tenho planos de morar na Irlanda em breve (com marido e filho de 05 anos a tiracolo).. adoro tuas dicas, teu bom humor e tuas histórias!
    Primeira vez que comento aqui… estou chocada com essa pessoa… realmente, existe muita gente do mal no mundo, mas tudo tem limites!! Acho q teu marido está sim correto, e que vc deve acionar a justiça… certas pessoas nao sabem a hora de parar, e só um susto desses para ensiná-las a ser gente!!!
    Que Deus continue a abençoar você e sua família linda!!
    Bjo grande!!

  21. Nossa Karine, que absurdo isso.
    Tome realmente todas as medidas possíveis para se proteger dessa pessoa. Pq pelo que vc contou, virou uma obsessão mesmo.

    Quanto ao blog, vc tem muitas seguidoras, nem todas deixam comentários, como eu por vezes acabo não deixando. Mas adoramos os posts, todos vocês.

  22. nossa, chocadíssima com a história!
    Vai dar tudo certo, Deus abençoe e guarde sua familia que é muito linda!
    Você é uma guerreira!
    bjos

  23. Pasma! Como tem gente que tem tempo e disposição pra tentar prejudicar alguém.
    Ao invés de curtir a Europa, cuidar dos filhos, marido, ser feliz!
    Mas não se preocupe Ká a vida se encarrega de dar a esse tipo de pessoa o que ela realmente merece.
    Beijocas pra vocês

  24. Que triste para essa cidadã que com certeza queria ter 10% da sua criatividade e originalidade. Sua resposta assim como seu posicionamento foi bem digno da Ka.Por favor não nos abandone porque aqui não trabalhamos com fracasso. Bjs

  25. Acompanho o seu blog ja' ha' algum tempo. E acho MUITO legal e cheio de dicas, historias, familia, contos, etc. Vc esta' de parabens.
    Eu ja' passei por algo parecido, mas nao tao intenso quanto vc descreveu. Moro em Ottawa, no Canada', e tento muito ajudar a todos. Independente de cultura, pais, religiao ou time de futebol. E desta forma ja' conheci MUITA gente. E nao paro… continuo buscando novas amizades e ajudar sempre.
    Enfim… pra concluir eu so' consigo pensar em uma coisa: e' inveja. Entao acho q o melhor neste caso e' ignorar e ir levando a vida. Entendo q chega num ponto q vc nao resiste. Entao uma acao na justica e' uma excelente ideia.
    Nas conversas com amigos e familiares eu sempre comento de vc e seu blog. Ja' virou referencia. Nao pare… keep going.
    Desejo a vc muito sucesso e muitos lovers.
    Abracao,
    Rod

  26. Acompanho o seu blog ja' ha' algum tempo. E acho MUITO legal e cheio de dicas, historias, familia, contos, etc. Vc esta' de parabens.
    Eu ja' passei por algo parecido, mas nao tao intenso quanto vc descreveu. Moro em Ottawa, no Canada', e tento muito ajudar a todos. Independente de cultura, pais, religiao ou time de futebol. E desta forma ja' conheci MUITA gente. E nao paro… continuo buscando novas amizades e ajudar sempre.
    Enfim… pra concluir eu so' consigo pensar em uma coisa: e' inveja. Entao acho q o melhor neste caso e' ignorar e ir levando a vida. Entendo q chega num ponto q vc nao resiste. Entao uma acao na justica e' uma excelente ideia.
    Nas conversas com amigos e familiares eu sempre comento de vc e seu blog. Ja' virou referencia. Nao pare… keep going.
    Desejo a vc muito sucesso e muitos lovers.
    Abracao,
    Rod

  27. Oi Ká! Não sei se vai se lembrar de mim. Quanto tempo, menina! UAU! Há "séculos" não visitava seu blog. Fico muito feliz que você tenha se encontrado e hoje está à frente de uma linda família, é uma super mãe, está investindo nesse novo ramo de youtuber, girl!
    Quanto a psycho, o que não falta nesse mundo é gente má, que sente prazer em prejudicar os outros. Mas não se preocupe com isso: esse tipo de energia é tão inferior a sua que só faz cosquinha. Deixa a crazy bitch para lá…não dê crédito a ela. A única resposta que você deve dar é a sua indiferença. E nada de tirar o blog do ar por causa das invejosas. Não dê esse gostinho a elas.
    Que você tenha cada vez mais sucesso!!! Estou sempre na torcida!
    Beijoooo!
    Lud.

  28. CAROLINE BILBAO

    Guria, li o post pela metade, li uns comentários e dai vi que estou lendo post de 2015, faz quase 3 anos que você escreveu, te digo que ler tudo que você escreve esta sendo muito gostoso, por mais que seja antigo, amando as dicas!

Deixe uma resposta