Encontro marcado.

Desde que eu escrevi esse post (aqui), para “aquietar” meu coração, decidi que eu tinha que arrumar um jeito de ter um tempo exclusivo com cada um dos meus filhos.
Por eles e por mim.
Um one-to-one.
Um date, aquele momento que é só meu e de cada um deles individualmente, sem interferência, sem atenção compartilhada e sem dramas.
E eu não sosseguei enquanto não arrumei e implementei isso na minha rotina semanal.
Eu não sossego até conseguir o que eu quero, se você não sabe.
Quarta-feira levo a Amy para aulinha de natação, enquanto a Chloe está na escola e a Mia na creche da Gym. Não é muito tempo, você pode dizer, mas é aquela hora que meus olhos são só dela e que em uma casa com 4 crianças não acontece muito frequentemente a não ser depois que o Rosinha chega e eu posso dar mais atenção aquele que precisa mais de mim naquele momento, e eu dou, com muito prazer, mas a aulinha é nosso encontro marcado, hora pra gente se curtir e eu faço o mesmo com a Mia na quinta-feira, enquanto a Amy fica na creche e a Chloe na escola.
Na sexta-feira é dia da Chloe, meu e dela, a gente sai pra almoçar, vamos nadar, depois ela vai ao ballet e depois do ballet me acompanha ao cabeleireiro. Coisa nossa, que a gente adora. 
Breno e eu vamos ao cinema, esse é nosso date, nossa coisa, nosso tempo.
Não quero dizer com isso que não dê atenção a eles nos outros momentos em que eles precisam de mim, mas essa rotina que estabeleci é Compromisso inadiável, coisa de vida ou morte, mais de vida é claro.
Não lembro dos meus pais terem momentos assim comigo ou com a minha irmã, éramos só nós duas e com muito pouca diferença de idade (13 meses), não precisava, eram duas mãos, uma pra cada uma, mas acho isso importante pra mim e para os meus filhos, já que estão todos em uma fase diferente da vida. Pode ser coincidência, mas tenho sentido todos eles mais felizes do que já são e tenho notado menos brigas por causa da minha atenção no dia-a-dia.
Ganha eles que conhecem um pouco mais de mim e ganho eu, que cada dia conheço mais deles, né?
Facebook Comments

6 Comments

  1. vc é uma mãe super, sabia?

    ps eu nem sempre comento aqui, mas nunca perco um post sequer.

  2. Karine, espero ter sua disciplina quando tiver filhos. Tem pessoas que mal conseguem dar conta de um filho e mais a casa… Parabéns de verdade! As crianças estão cada dia mais lindas. Ah fiz seu bolo de cenoura, ficou ÓTEMO! Obrigada! Bjos, aqui vcs já são de casa.

  3. Muito bom !!!!! Acho importante essa astenção diferenciada…se mais tarde vai acontecer ciúmes e disputas não sei…mas td pode ser consertado no seu devido tempo!!!! gostei…sou eu vc sabe…tá dificil colocar o perfil!!!!

  4. Ká, post super fofo.
    E aprendo á cada dia com você a dividir meu tempo!
    tá assumo ( quando crescer quero ser igual a você ) ráa! :*

    beeeijos! :*

  5. Aqui a gente também faz assim. Adotei a ideia , dos austriacos que conheco (acho que ja faz parte da cultura esse day off com uma das criancas) E o papai também faz no fim de semana ou na sexta à tarde.

  6. Aqui a gente também faz assim. Adotei a ideia , dos austriacos que conheco (acho que ja faz parte da cultura esse day off com uma das criancas) E o papai também faz no fim de semana ou na sexta à tarde.

Deixe uma resposta