Amigos Brasileiros na Irlanda ?

É verdade que relações entre pessoas de paises diferentes por razões óbvias são interessantes.

O intercambio cultural é riquissimo, as novidades nunca acabam e é sempre um prazer descobrir uma coisinha nova a cada dia , mas como estamos falando de vida real, nem tudo são flores, as diferenças culturais e a barreira da língua dificultam um entendimento claro e chegar a um acordo ou se fazer entender nem sempre é uma das tarefas mais faceis do mundo.

Por incrível que pareça, a pessoa que decide se envolver com um Gringo se depara com muito preconceito e pasmem vindo principalmente dos próprios brasileiros, que sempre tem uma opinião negativa a fazer principalmente se a mulher decide namorar um estrangeiro , a brasileirada (de cabeça pequena) sempre acha que existe interesse envolvido,  no fundo eles sabem que não é verdade, mas como criticar faz pessoas de  baixa auto-estima se sentirem melhores eles vão pelo caminho mais fácil ,a coisa funciona assim : se o seu gringo tem dinheiro você tá dando o golpe do baú, se ele é pobre você tá interessada no passaporte europeu, se ele é pobre e estudante você é burra e ‘vai se dar mal’ ,se você teve filho com ele deu o golpe da barriga e nunca, em hipotese alguma o Amor está relacionado em um tipo de relação como essa.
 Bem, eu acho engraçado, principalmente porque gente com grana tem no Brasil e pra que abrir mão de uma vida no seu País se o tal golpe poderia ser aplicado por lá mesmo?

Eu tenho pena de pessoas que tiveram a oportunidade de viajar e que continuam tão limitadas , tão julgadoras e principalmente tão pré-ocupadas com a vida alheia, será que é de Berço essa falta de cortesia, esse excesso de crítica, essa inveja que fere e que é provocada por tudo que essa pessoa queria ser e não é ?

Se você faz muita questão de ser aceita e respeitada em uma comunidade de brasileiros , Seja pobre, analfabeto , desempregado, passe fome , seja triste , não tenha o que vestir ou o que comer,compartilhe das mesmas opniões(isso inclui gostar do Lula), conte miséria , case com um brasileiro (nunca com um homem irlandes ,por exemplo)e  jamais demostre felicidade ,nunca diga que é bem tratado , que é amado , nunca comente se frequenta restaurantes , se tem casa própria , se tem carro ,se tem dinheiro e se fez  faculdade (mais de uma então , super proibido, ter mais de 1 profissão quando a maioria não tem, é pecado).

Por essas e outras …Pode parecer meio anti patriotismo da minha parte, mas meu principal conselho para qualquer pessoa que venha morar no exterior é : Não quer perder tempo? se afaste de brasileiro …ou anyway sua felicidade afastará os brasileiros (aqueles bem pequenininhos) de você, e pode crer quando isso acontecer, a sorte vai ser sua !

Facebook Comments

4 Comments

  1. Se afastar de brasileiro?! Poxa…
    To brincando, eu entendi bem seu ponto de vista pq eu ja' reparei uns olhares tortos de brasileiros pra mim qnd me viram andando c/o Chuchu!

  2. Oi karine. Nossa, sempre li seu blog e nunca comentei (sorry mesmo, nao sou muito de falar). Mas tive que comentar nesse post. Me sinto exatamente que nem voce descreveu no post. Vim pra ca ja casada – com brasileiro, mas com passaporte europeu e excelente ingles – o que abriu muitas portas para ele. Hoje el dia ele trabalha numa grande empresa e ganha bem obrigada. Temos uma vida maravilhosa (eu estudando massagem no Holistic Centre sem precisar trabalhar). Amo meu marido, sendo ele europeu ou nao. Nao casei por passaporte. Conhecemos alguns brasileiros no inicio que nunca chamaram a gente pra nada (afinal de contas nos eramos considerados ricos e felizes demais). Hoje em dia nossos amigos sao poloneses, italianos, russos, irlandeses etc. Claro que temos alguns amigos brasileiros, mas os mesmos que estao na nossa situacao (com passaporte europeu e nao ganhando miseria de salario). Meu marido fala que quando tivermos um filho ele nao vai querer brasileira trabalhando como aupair com medo de inveja por parte dela. Ja eu preferiria uma brasileira, mas nao sei… Triste isso. Parece que brasileiro nao pode ver o outro feliz, seja aqui na Irlanda ou no Brasil. Vc sabe por que isso? Ah, parabens pelos posts, voce escreve muito bem!!!

  3. patricia kikuda

    Karine , decobri seu blog nesta semana , estava procurando mais informacoes sobre a Irlanda e Bam! Eis o seu blog!! Amei!! E gostaria de dizer que comcordo com vc , sao as mesmas opinioes que a minha! Parabens!!
    Pretendo fazer um intercambio no ano que vem e escolhi a Irlanda , nunca fui mas acredito que seja um lugar maravilhoso!!! Um abraco,
    P.S , nao consigo parar de elr o seu blog….entro todos os dias 😉

  4. Karine, bom dia….estou muito apreensivo e nervoso, desculpe desabafar com voce mas meu filho foi para Irlanda estudar ingles, ele é Formado em Ciencias da Computação e Fotografia e não está encontrando uma casa para dividir apartamento. O que ele encontra é muito caro. Voce não poderia mim ajudar! Ficarei imensamente grato se voce conseguir para ele uma moradia pois ele esta morando na faculdade. Ele é um rapaz muito inteligente e esta se esforçando para sair dai um grande profissional. Peço a sua ajuda. Meu nome Marinaldo Soares Barbosa, espero sua resposta, uma dica, algo que possa ajuda-lo. Obrigado e Que Deus a abençõe ( meu face book: Marinaldo Barbosa, e meu e-mail:marinaldobarbosa@yahoo.com.br

Deixe uma resposta