Não se sinta muito confortável.

Karinekeogh

 

A melhor coisa que eu fiz por mim depois de ter tido meus filhos foi ter voltado a trabalhar fora.

Curti meus 8 anos de mae-dona-de-casa-taxi-driver-pta-mom, mas deu, passou.

Ter voltado a trabalhar fora e interagir com adultos completamente fora da minha zona de conforto só me trouxe beneficios, há quem questione, mas eu não tenho dúvidas!

Quando a gente não trabalha fora, a gente acaba convivendo so com quem a gente quer, e conviver só  com quem a gente quer, nao é  estimulante, não se a gente fizer isso pra sempre.

Pensa que se você  fizer os mesmos exercícios e comer a mesma comida todos os dias, por mais que a comida seja boa e o exercicio eficaz, eles não te trarão mais os mesmos beneficios que te traziam no inicio dessa rotina, isso acontece também com nossa vida, com nossos relacionamentos e com a nossa rotina.

Eu trabalho com pessoas que tem sotaques diferentes, comportamentos diferentes, que me ensinam como fazer as coisas de uma maneira diferente e até a pensar diferente.

Eu não morro de amores por todas as pessoas do meu office, mas sem duvida nenhuma respeito e aprendo com cada uma delas, as vezes é cansativo, pra não dizer exhausting, mas é  enriquecedor, porque estou ali, caminhando fora da minha zona de conforto, exercendo minha adaptabilidade, flexibilidade e me aperfeiçoando como ser humano.

Eu não estou dizendo com isso que existe algo de errado  se você optou por ficar em casa cuidando das kids ou dos gatos permanentemente, mas estou dizendo a vvocê que ter passado de fase me fez bem.

Hoje eu encaro a vida como um jogo de video game, a gente vai passando de fases, a gente morre umas vezes, come uns cogumelos, faz uns estragos, mas passa de level.

Não fica mais fácil.

Mas fica cada vez mais divertido!

Facebook Comments

2 Comments

  1. Samara Silva

    Gostei do seu artigo, sempre com dicas e informações importantes. Seu site é um dos meus sites favoritos que estou sempre visitando..

    Parabéns!

    Meu Blog: Loterias

  2. Ain, tao bom ler seus textos…

Leave a Reply