Top Coisas de bebê que a gente não usa no Brasil, mas são úteis na Europa.

Quando eu fiquei grávida da Chloe, a referência que eu tinha sobre coisas de bebê era da minha experiência com o Breno.
Sendo a Irlanda um País com um clima e acessibilidade completamente diferente, pelo menos do Rio de Janeiro, eu não sabia da existência de muitos produtos.
Como tem sempre gente me perguntando sobre as diferenças entre os produtos de criança comercializados aqui e no Brasil, decidi fazer essa lista com meus Top Esquisitos, mas muito úteis, são eles:

1- Saquinho higiênico para colocar a fralda suja.
Os saquinhos funcionam muito bem em uma país de clima frio, fora que a coleta de lixo aqui acontece 1 vez por semana e embora a caçamba fique do lado de fora da casa, o saquinho(que é perfumado) ajuda a manter o odor suportável.

2- Vaselina ao invés de hipoglós.
Achei muito estranho, mas essa foi a recomendação dos médicos no Hospital, vaselina para prevenir assaduras.

3- Saco de dormir.
Como você sabe, faz frio na Irlanda e para prevenir que o bebê se sufoque ou se descubra no meio da noite, tá aí o saco de dormir, antes de ganhar o meu primeiro, nem sabia da existência deles, mas não vivi mais sem.

4- Capa de chuva para carrinho.
A acessibilidade aqui na Irlanda é bem maior do que no Brasil e é só você sair nas ruas para notar a quantidade grande de carrinhos e como também chove muito, a capa de chuva é indispensável.

5- Carrinho duplo.
Por motivos óbvios.

6- Skate Board para acoplar no carrinho
Eu uso demais o skate board com a Chloe enquanto as meninas vão no carrinho duplo, perfeito para busca-las na escola.

7- Caderinha para dar banho em bebê.
Acho bem prático e como aqui na Irlanda a maioria das casas tem banheira é só sentar o baby ali e usar o chuveirinho para dar banho.

8- balanço que prende na porta.
Pode até ser que venda no Brasil, mas na época do Breno não tinha.
Graças a esse balanço e a todos os outros apetrechos (do tipo jumperoo e centro de atividades) eu conseguia ir ao banheiro, tomar banho e arrumar a casa.
E você, o que você não imagina vivendo sem, quando assunto é equipamento de bebê?
Facebook Comments

One Comment

  1. Não sou mãe mas fui babá na Irlanda. E realmente nao conhecia muitas coisas das quias fui apresentada pela mãe das criançaa e foi realmente uma mágica! Hahahahaha
    A capa de chuva pro carrinho – que invensao mais inteligente, gente! – me salvou durante quase toda minha trajetoria como baba por ai. Assim como o carrinho duplo!

    Ficar em casa em dia de chuva? NEM PENSAR!

Leave a Reply