Raspas e restos

Em que momento as pessoas se perdem de nos,dos nossos planos ,vida e dos nossos pensamentos ?Quando eh o momento exato que deixamos de gostar de alguem?Sera uma palavra,atitude …ou simplesmente um dia a gente acorda e “desliga”?Eu particularmente acho que tudo eh gradativo…tanto o gostar quanto o “desgostar”e acho que ambos sao criados pelo nosso sub consciente baseado no que nos convem ou nao.Sei que as vezes eh tao dificil “desligar” que essa minha ideia simplista pode parecer loucura…ou pode ser que realmente variede pessoa pra pessoa.O fato eh que eu nao consigo entender como alguns casais conseguem conviver “aos trancos e barrancos”por tanto tempo…como mulheres que sofremn violencia domestica continuam a cozinhar e cuidar das roupas dos seus agressores…como pessoas tao incriveis se contentam com tao pouco “caso” do parceiro….e como tanta gente se satisfaz apenascom amar e nao receber nada em troca!Alias eu nao acredito nisso…a gente sempre da esperando receber…a vida eh uma troca,e se vc me falar que naoeu te provo que todas as relacoes TODAS, sem excecao,sao baseadas em troca…mas quando falo em troca,nao quero dizerdinheiro(embora tenha certeza de que exista tambem essas),eu falo em troca…”eu te faco feliz,vc me faz feliz”,”eu te respeito,vc me respeita””eu te ensino,vc aprende” e por ai vai…Acho que o mundo sera bem melhor quando a gente parar de aceitar as coisas que nao nos fazem felizes.Eu por exemplo,nao aceito.Ame sem limite,mas receba no minimo amor de volta.Do contrario proucure melhor oferta…o mercado ta abarrotadode gente que merece esperando vc acordar e resolver ser feliz.De verdade.

Mentiras sinceras,vai la…mas “raspas e restos” nao me interessam de jeito nenhum.

P.s.nem vou falar da saudade que sinto de vcs.
xxx

Facebook Comments

One Comment

Leave a Reply