Três vivas às figurinhas !!!!

O Amor pode ser eterno.
O que não é eterno de fato é a forma como amamos,a maneira como se ama,só não muda se nós permanecemos os mesmos,com as mesmas expectativas,os mesmos planos e pensando do mesmo jeito.Mas essa transformação não é ruim.

O amor costuma ser amoldado à nossa carência de envolvimento afetivo, porém essa carência não é estática, ela se modifica à medida que vamos tendo novas experiências, à medida que vamos aprendendo com as dores, com os remorsos e com nossos erros todos.

O amor se mantém o mesmo apenas para aqueles que se mantém os mesmos.
Com exceção para dois grupos de pessoas.O primeiro é composto por aqueles que se recusam a aprender algo sobre si mesmo,estabelecem um rumo aos vinte anos e seguem aquilo até os 120 anos.E o segundo é o grupo dos sortudos(ou não.) que amam alguém,que evoluem e o parceiro trilha a mesma evolução,seguindo junto na mesma direção sem haver conflitos.
Para não haver empolgação considero que esse grupo seja formado por 0,00091% da população.

O amor não termina, ele apenas sai do centro das nossas atenções. O tempo desenvolve nossas defesas, nos oferece outras possibilidades e a gente avança porque é da natureza humana avançar. Não é o sentimento que se esgota, somos nós que ficamos esgotados de sofrer, ou esgotados de esperar, ou esgotados da mesmice.
Paixão termina, amor não.
Amor é aquilo que a gente deixa ocupar todos os nossos espaços, enquanto for bem-vindo, e que transferimos para o quartinho dos fundos quando não funciona mais, mas que nunca expulsamos definitivamente de casa.

Sinto um certo alívio depois dessa constatação,Uma vez que os amores ainda ocupam um epacinho aqui dentro de mim,não faz mal visistar ‘vez em quando’, sinto tanta preguiça só de pensar em um primeiro encotro que tenho que admitir :figurinha repetida não completa álbum mas as brilhantes a gente cola em cima.

*;

Facebook Comments

2 Comments

  1. Lindo demais esse texto! Fiquei com os olhos marejados aqui…Cada texto que você escreve tem um peso e uma medida diferentes…
    Acho que já te falei tanta coisa que acabei pecando pelo excesso…
    Não sei mais o que penso, mas tenho 100% certeza dos meus sentimentos.
    Mtos beijos…

  2. Qto tempo não venho aki,ando meio enroladinha.
    Putz…o que foi o final desse texto?
    Absurdamente a sua cara…rs
    Bjká.

Leave a Reply