1 pouco, 2 é bom, 3 é demais e 4 é bom demais!

Pelo menos, quando você não é o irmão mais velho.

Breno é um camarada deveras auspicioso.
Eu sou auspiciosa, ele deve ter herdado isso de mim, tenho quase certeza.

Aqui em casa, fico só observando a malandragem e malemolência do rapaz que pessoas juram que facilita a minha vida, tipo, ele até ajuda mesmo, principalmente quando ele quer ficar bem na fita com o pai, mas ele não é esse poço de candura que parece, sabe?
Afinal, que adolescente é?
Brenitos, não seria diferente, preciso esclarecer.
(e eu não o escravizo como a metade da população mundial, deve achar)

Tenho certeza também de que ser irmão mais velho entre 3 meninas tão mais novas, o tem tornado muito mais auspicioso do que pode imaginar nossa vã filosofia.

Por exemplo, se você nunca “escondeu” dos seus pais que amanhã era dia de teste ou prova, não sabe o que é andar no wild side, porque, né? todo mundo já fez isso, todo mundo, menos o Breno, que para ser poupado de pedido de ajuda e não pode fingir cólica, i-n-v-e-n-t-a senhoras e senhores, prova, dever de casa e dissertação, tudo para a-m-a-n-h-ã! (e que mãe em sã consciência, vai fazer o mininu deixar de estudar para ajudar?)
Ou seja, meu filho é um gênio, graças as irmãs!
Olha que beleza, ele deve isso a mim!

A vida de irmão mais velho também o faz um dono de casa exemplar, ele prefere mil vezes colocar a louça na máquina de lavar e a roupa no varal, do que dar uma olhadinha nas meninas enquanto eu tomo banho. (ou finjo tomar banho, porque as vezes, eu finjo tomar banho só pra ter um break de 5 minutos, confesso!)

Desde os 9/10 anos parou de se interessar por brinquedos, porque a Chloe ia mesmo pegar e quebrar, então livro sempre foi mais seguro, além da desculpa perfeita para se trancar no quarto por horas e horas. (olha aí as irmãs de novo o ajudando a construir um futuro brilhante!)

O fato é que, amigos da rede globo, a rede globo está perdendo um talento nato na arte da interpretação, enquanto você é obrigada a ver performances de cigano Ighor, eu tenho um monstro talentoso aqui em casa.

O menino Breno, malandro, que come arroz e feijão no café da manhã, almoço e jantar, reclama da Chloe, que reclama da Mia e tem como favorita do momento a Amy, porque sim, mãe não pode ter favorito, mas irmão pode, e a favorita dele é a Amy, enquanto ela não começar a atrapalhar seus planos, e seu sono, como a Mia e a Chloe sabem fazer com esplendor.

Ter filhos com diferença grande de idade é até bom, mas é também um desafio.
Para eles e pra gente.

Para eles que amadurecem antes do tempo e para nós que temos que nos policiar com as responsabilidades e expectativas que criamos para eles.

Mas ó, devo estar fazendo alguma coisa certa, porque ontem ele me disse que quer ter 4 filhos.
(não sei se você sabe, mas Breno tem mais um irmão e uma irmã, por parte de pai, que moram no Brasil)

Como você pode notar, alem de moreno alto, bonito, sensual e auspicioso, menino Breno é corajoso, ele também deve ter herdado isso de mim, tenho quase certeza.

Facebook Comments

6 Comments

  1. dale, breno. boa sorte nessa jornada de pai de quatro.

  2. Ah nessa eu to com o Breno… Vivia dizendo pro meu pai que tinha que estudar na casa das amigas as quartas feiras pra poder ir pra The bedroom (tu lembra?) e as quintas pra Dado Bier hahahaha

  3. Hahhh…garoto esperto tá aí….e com certeza ainda é ídolo das irmães…Reizinho da casa…dou td apoio…bjão Breno

  4. Adorei o post! Adoro sempre!

  5. kkkkkkk… pura malandragem carioca. Moleque bom!

  6. Eu sou fã do Breno. E da Chloe, e da Mia e agora da Amy. Ter 3 irmãos não é fácil, mas deve ser uma delícia (eu tenho mais 2 e amo eles mais do que tudo nessa vida!). É com nossos irmãos que aprendemos a nos relacionar com o outro, a negociar e saber ceder. Um dia quero ter uma família linda como a sua 😉

Deixe uma resposta