Viajar pela Europa: O que pode levar na Bagagem de Mão.

 

 

 

Outro dia publiquei no Facebook uma promoção da Ryanair, com vôos bem baratos.
Vira e mexe eles oferecem umas coisas assim.
Semana passada mesmo, teve destino a €2, mas eu não conheço ninguém que tenha conseguido comprar.
Anyway o preço médio de uma viagem da Ryanair fica em torno de €60 ida e volta (Londres/Paris/Espanha), o que ainda é bem barato, principalmente para quem mora no Brasil e deixa um rim para pagar a ponte aérea Rio/São Paulo.

Mas a sábia frase:

“A gente paga pelo que leva”

Se encaixa perfeitamente nos serviços da Ryanair, a companhia aérea mais barata da Europa.

Podemos descrever a Ryanair como sendo um ônibus voador e tenho certeza de que alguns onibus podem se sentir “ofendidos”com essa comparação.

Não existe conforto, os acentos não são reclináveis, os banheiros são menores do que os já pequenos “normais”, eles não oferecem nenhuma cortesia, as aeromoças passam com o carrinho, mas tudo é pago, e bem pago, nem água é de graça.
E é claro, não seria diferente para despachar a bagagem.

Sabe aqueles restaurantes que oferecem o cardápio”em conta” mas que metem a mão na bebida para compensar?
É mais ou menos essa a política da Ryanair.
Sem entrar no mérito dos salários pagos aos funcionários, mais baixos da Europa também.

Os vôos são baratos -se você andar na linha (imprima seu ticket, por exemplo, ou vão te cobrar bem caro para fazer por você), preste atenção no tamanho e no peso da bagagem de mão, ou você corre o risco de ter que despachar e pagar mais pela mala do que pela viagem.
Errou o nome na hora da reserva?
Melhor perder a passagem do que pagar €100 para consertar.

Antes de fazer reservas pela Ryanair, também se certifique sobre o aeroporto e se é viável o trajeto em relação a custo e distância.
Geralmente os aeroportos da Ryanair são distantes e dependendo da quantidade de dias que você dispõe pode não valer muito a pena.

Eu usei a Ryanair para ir a Paris, o aeroporto fica a mais de 1 hora de carro da cidade, o aeroporto de Beauvais Tillé fica na cidade de Beauvais.
Fiz as contas e decidi alugar um private transfer que nos buscou no aeroporto e nos levou para o aeroporto na volta.
Mesmo assim o preço ainda compensou, porque ficamos alguns dias na cidade.
A viagem de carro, embora longa, pelo vôo ter sido cedo, foi boa, porque conseguimos tirar uma soneca.

A Ryanair é minha primeira opção?
Não!
Nunca é a minha primeira opção, mas a diferença de passagem, principalmente em se tratando de uma família de 6 pessoas, pode ajudar bastante!

Mas antes de reservar pela Ryanair sempre pesquiso os preços antes e como falei acima, não só o preço das passagens mas dos translados.

Eu comprei minha passagem para o Encontro Europeu de Blogueiros Brasileiros em Berlin, no começo do ano, então, essa semana enquanto me preparava para fazer o Check-in, que é feito online, não estava encontrando a passagem em nenhum dos meus emails, quando por fim descobri, para a minha surpresa, que eu tinha comprado na verdade pela Aer Lingus, que não é lá uma Brastemp, mas é melhorzinha e mais flexível, mas que também se encaixa na descrição de Companhia Aérea Lowcoast ou Companhia aérea de baixo custo.

A mala tem o mesmo padrão de tamanho e caso você opte por fazer check in da mala, você também paga extra.
Para uma viagem curta, o fato de só ser permitido uma mala de mão, não é problema para mim, o problema é que nenhuma companhia aérea permite que você leve frascos maiores do que 100ml na mala que você leva na cabine, ou seja, mesmo que o frasco seja 200ml e só tenha 5ml, eles jogam fora.
Tudo que é líquido precisa estar em um saco transparente.
Esse saco é colocado na bandeja e passa pela esteira fora da mala no Raio X.
Lembre-se que esse tipo de restrição se aplica a todas as companhias aéreas e não só as de baixo custo, a diferença é que em outras companhias a mala pode ser despachada sem acréscimo e você pode facilmente colocar os líquidos lá sem nenhum problema.

Tirando o lance dos líquidos, eu não tenho o menor problema em só viajar com uma mala, principalmente porque quando vou sozinha não fico muitos dias, então minha dica, quando for fazer mala que você tenha que levar na cabine, vá vestida com as roupas que ocupam mais volume, como casaco e botas.
Também opte por roupas escuras e que provavelmente você poderá usar mais de uma vez.

E no mais, boa viagem!

Se a viagem for pior do que você imaginou, mentalize o destino.
Sempre dá certo!

Para sobreviver ao frio, luvas grossas, cachecol e dry shampoo, não dá pra deixar fora da mala.

 

O tamanho de mala ideal para Ryanair e Aer Lingus.

 

A maioria das malas permitidas pelas companhias aéreas vem com uma tiqueta informando que elas tem o tamanho estipulado pela Ryanair e Aer lingus. Não tem erro.

 

Tudo miniatura, para poder passar como mala de mão.

 

Facebook Comments
4

2 Comments

  1. Tem uma companhia nos EUA que é desse jeito também. Eu utilizei certa vez. Não me lembro o nome agora! Só falta pagar pelo ar que respira (qualquer hora no check-in vai começar a pedir os dados: altura, peso, etc. e dizer algo como "calculamos que você utilizará xxx quantidade de ar da cabine. A sua taxa de ar respirado fica yyy"), mas se andar "na linha", fica baratinho.
    Grande abraço!

  2. Karine
    Você poderia deixar as medidas da mala, estou precisando comprar uma.
    Grata

Deixe uma resposta