Quando a vida te der um Pneu furado…

Eu não sou exatamente o que se pode chamar de personificação de um Buda.
Apesar de achar até que meu nível de paciência é acima da média, eu tenho lá meu limite de frustração.

Já passei por problemas sérios na vida e já vi outras pessoas sofrerem outros, o que me ensinou a colocar as coisas em perspectiva.
Sabe aquele lance de: “Dê o problema o valor que ele merece?” pois é, aplico na minha vida, e na maioria das vezes funciona.

Hoje saindo da academia, depois de 35 minutos na escada assassina, me deparei com uma tempestade e um pneu arriado.

Liguei para assistência, agradecendo por ser na academia, ao invés de no meio da rua, agradecendo a por estar sozinha e sem as kids, agradecendo pela minha Gym ter uma lanchonete supimpa e ainda ser 10:30 am e eu ter tempo suficiente para relaxar.
E veja só você, relaxar, nunca está nos meus planos.

Se eu pudesse te dar um conselho agora, ele seria:

Quando a vida te der um pneu furado, diga obrigada e vá comer Bacon.
Aliás, comer bacon, se você não for vegetariana, é a cura de muitos males nessa vida.
Caso você seja do tipo que não come carne, você pode substituir o bacon por abacate, por exemplo.
Você só não pode deixar um evento como esse, estragar o seu dia.
A não ser que o bacon tenha acabado.

Aí, realmente, seria muito azar para uma pessoa só.

.

Facebook Comments
3

One Comment

  1. Dos males, o menor. Eu também sou daquelas que tenta fazer do limão uma limonada, ou do pneu furado uma oportunidade para relaxar (sem bacon, porque sou vegetariana. Rs).
    Nada melhor que ver o lado bom da vida, apesar de que às vezes a gente se encontra naquelas de não ver lado bom de nada.
    Grande abraço e tamo junta!

Deixe uma resposta